Puck Pieterse vence última etapa da Copa do Mundo de CX na França

Luiz Papillon

Puck Pieterse confirmou o favoritismo e venceu a etapa da Copa do Mundo de Cyclo-cross em Besançon na França. Annemarie Worst foi segunda e Inge van der Heijden conquistou seu primeiro pódio em Copa do Mundo.

Puck Pieterse vence etapa da França de Cyclo-cross
Puck Pieterse vence etapa da França de Cyclo-cross

Copa do Mundo de CX 2023 – Etapa 14 – Besançon – França

O clube de ciclismo l’Amicale Cycliste Bisontine foi responsável pela montagem do circuito em Besançon. Um dos nomes que passaram pelo clube de base foi Thibaut Pinot que compete pela Groupama FDJ. Desde 2010, Besançon fez parte da Copa da França de CX ou foi sede do campeonato francês, tendo sido vencido em 2019 por Clément Venturini (Ag2r).

Em 2019 o diretor Pascal Orlandi conseguiram um lugar para a Copa do Mundo em 2020, mas veio a pandemia e no ano passado aconteceu a primeira prova pela Copa do Mundo em Besançon com vitória de Lucinda Brand e Eli Iserbyt.

Queda de corrente obrigou Puck Pieterse a fazer prova de recuperação

A prova começou intensa e com o abandono da campeã estadunidense Clara Honsinger ainda na primeira volta. Logo depois Puck Pieterse teve um problema técnico com a corrente de sua bicicleta o que a fez perde muito tempo. A neerlandesa de 20 anos então começou uma impressionante corrida de recuperação para retomar a liderança e seguir para vitória com 25 segundos de vantagem sobre a perseguição.

Atrás as duas ciclistas da equipe 777 seguiram com claramente Inge van der Heijden puxando e Annemarie Worst se agarrando em sua roda, contudo no final houve uma inversão com Worst ficando com o segundo lugar e Van der Heijden completando o pódio.

Copa do Mundo de Cyclocross- Fem van Empel é campeã

Mesmo sem competir, Fem van Empel já sabia que seria campeã. Com 395 pontos a ciclista de s-Hertogenbosch no Brabante do Norte não seria mais alcançada mesmo com uma vitória da segunda colocada.

Fem van Empel vence Copa do Mundo de CX em Dublin | Foto UCI
Fem van Empel vence Copa do Mundo de CX em Dublin | Foto UCI

E foi justamente o que aconteceu, Puck Pieterse ficou com o segundo lugar e Shirin van Anrooij com o terceiro. O destaque claro é para a performance das neerlandesas, com nove dos dez melhores lugares na classificação geral da Copa do Mundo. A luxemburguesa Marie Schreiber foi a única “estrangeira” no ranking.

  1. Fem van Empel – 395
  2. Puck Pieterse   -390
  3. Shirin van Anrooij – 264
  4. Inge van der Heijden – 246
  5. Ceylin del Carmen Alvarado – 203
  6. Denis Betsema – 199
  7. Lucinda Brand – 190
  8. Marie Schreiber – 182
  9. Manon Bakker – 176
  10. Annemarie Worst – 168

Esse domínio nos motiva a fazer o ranking das melhores ciclistas fora dos Países Baixos:

  1. Marie Schreiber –
  2. Hélene Clauzel – 
  3. Kata Blanka Vas –
  4. Line Burquier –
  5. Clara Honsinger –

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Next Post

Mathieu van der Poel vence pela Copa do Mundo de CX na França.

Não teve pra ninguém, na quarta volta Van der Poel (Alpecin Deceuninck) atacou e acabou com a brincadeira impondo nas voltas restantes um ritmo fora da realidade para os demais competidores na Copa do Mundo de CX em Besançon na França. Já a disputa pelo segundo lugar foi quente e […]

leia também

Receba as novidades em seu e-mail