Mathieu van der Poel vence Wout van Aert e é o campeão mundial de CX!

Luiz Papillon

Quinto título mundial para Mathieu van der Poel! Ele tentou diversos ataques e Wout van Aert respondeu em todos, a disputa ficou para o sprint na última volta onde em tese a força de Wout van Aert levaria vantagem. Mas o gigante neerlandês se impôs e conquistou seu quinto título mundial.

Campeonato Mundial de Cyclo-cross 2023 – Hoogerheide

Neste final de semana aconteceu o campeonato mundial de Cyclo-cross de 2023. A batalha mais esperada sem dúvida seria o duelo entre Mathieu van der Poel e Wout van Aert na elite masculina. Mas a história dessa disputa começou com a prova de revezamento misto na sexta-feira.

Você pode não estar ambientado a modalidade, mas o cyclo-cross (aqui desculpem o editor não utilizar o termo ciclocrosse que é a tradução mais precisa) é uma disciplina praticada na Europa com regularidade desde o início do século 20. O primeiro mundial de CX foi disputado em 1950 na França e de lá para cá apenas oito nações conquistaram medalhas de ouro na modalidade que é dominada pela Bélgica, França e Países Baixos.

Um mar de 50.000 pessoas lotou o circuito onde tradicionalmente acontece o GP Adrie Van der Poel.

Confira abaixo as demais categorias:

Campeonato mundial de Cyclo-cross 2023

Van der Poel x Wout van Aert: O Duelo

O circuito de Hoogerheide, uma cidadezinha do Brabante do Norte, uma das províncias dos Paises Baixos é casa de Adrie van der Poel, campeão mundial de CX (1996) e pai do quatro vezes campeão mundial Mathieu van der Poel (2015, 2019, 2020, 2021). Dono de mais de 200 vitórias, Mathieu é tido como um dos grandes nomes da história da modalidade. Extremamente forte e técnico, Mathieu tem em Wout van Aert, tres vezes campeão mundial (2016, 2017, 2018) seu grande rival. Wout possui 130 vitórias na modalidade contudo nos últimos dois anos vem descontando no mano a mano a freguesia para Mathieu que hoje está em 119 a 60.

Desde a largada a dupla se destacou com Mathieu liderando e Wout van Aert em seu cangote. Atrás a disputa do terceiro lugar tinha Michael Vanthourenhout conduzindo um grupo enorme. O primeiro ataque de Van der Poel aconteceu na terceira volta, imediatamente respondido por Wout.

Van der Poel tenta, 1,2 3 vezes largar Wout van Aert

Ambos seguiram em um ritmo abrindo trinta segundos para a disputa do terceiro lugar na quinta volta. Mathieu tentou novo ataque na quinta volta no trecho de barreiras, novamente neutralizado por Wout. Na sétima volta Mathieu tentou atacar novamente antes da subida. Wout van Aert cobriu a diferença novamente sem mexer um músculo do rosto. Já no trecho de barreiras novo ataque, era clara a estratégia de Van der Poel, tentar conseguir um punhado de metros de vantagem e não deixar para o sprint.

Última volta

A decisão do mundial ficou para a última volta com os ciclistas se marcando muito, nem um metro de vantagem para o adversário, Van der Poel tentou acelerar nos pontos de sempre e foi rebatido pelo belga, tudo ficou para o sprint onde em tese Wout teria vantagem pela sua força. Mas foi ai que Van der Poel lançou um longo e matador sprint para conquistar seu quinto título mundial. Doze segundos atrás Eli Iserbyt completou o pódio.

  1. Mathieu van der Poel
  2. Wout van Aert
  3. Eli Iserbyt

Confira o vídeo completo da disputa:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Next Post

Pogacar 100% barbariza na Volta a Andaluzia!

O esloveno Tadej Pogacar está 100% em 2023, três disputas, três vitórias. Pela segunda etapa da Volta a Andaluzia, Pogacar venceu já com a camisa amarela de líder e assombra a todos com uma performance de altíssimo nível. O espanhol Enric Mas da Movistar foi ssegundo e o colombiano Santiago […]

leia também

Receba as novidades em seu e-mail