Dia Mundial da Bicicleta

Hoje 15/04 recebi algumas mensagens felicitando pelo dia internacional do ciclista. Como há muitos dias do ciclista e da bicicleta resolvi fazer um pequeno apanhado desses dias.

03 de Junho, o dia mundial da bicicleta

O dia Mundial da bicicleta (World Bicycle Day) oficial é 03 de Junho, esse dia foi escolhido na assembleia geral da ONU (Organização das Nações Unidas) de 2018 da qual o Brasil é signatário.
Por meio deste ato, a organização reconhece a contribuição do ciclismo para os 17 objetivos estabelecidos pela ONU em termos de desenvolvimento sustentável, “ desenvolvimento capaz de promover prosperidade e oportunidade econômica, maior bem-estar social e proteção do meio ambiente ”.
A resolução completa você pode conferir no site da ONU clicando aqui. Não encontramos nenhuma referência ao dia 15/04 como dia Internacional do Ciclista como algumas publicações recentes em mídias sociais revelam. Contudo 15/04 é o ano de nascimento de Raymond Poulidor, carismático ciclista francês ele merece ser reverenciado. No Brasil encontramos uma menção na Radio Senado, mas sem fonte de referência.

19/04 a Viagem do LSD

A primeira “viagem” de LSD da história foi sobre uma bicicleta. Tudo começou com o quimico suíço Albert Hofmann na empresa Sandoz (atualmente Novartis) na cidade de Basel na Suíça. Ele pesquisava os benefícios farmacêuticos da planta Drimia Marítima e do fungo parasita Esporão do Centeio.

Arte Homenageando o dia da "viagem" de Bicicleta | Fonte desconhecida
Arte Homenageando o dia da “viagem” de Bicicleta | Fonte desconhecida

Em 19 de abril de 1943, Hofmann resolveu observar o ácido sintético e acidentalmente absorveu uma pequena quantidade da droga. Sentindo mudanças intensas na percepção ele pediu para seu assistente o acompanhar até sua casa, em trajeto que fazia de bicicleta. O dia da bicicleta passou a ser comemorado quando um professor da Universidade do Norte de Illinois resolveu fazer do dia um dia de festa no meio da semana. Desde então o dia passou a ser divulgado em listas e mais recentemente nas redes sociais.

De autoria desconhecida a imagem do selo de LSD imita a forma como a droga é divida, onde cada quadradinho possui um ponto de LSD.

19/08 Dia nacional do ciclista em homenagem a Pedro Davison, vitima da violência no trânsito

Sancionada em 2017, a data do dia nacional do ciclista é tida como uma data de reflexão em prol da diminuição dos acidentes no trânsito. A escolha da data é em memória ao biólogo Pedro Davison, brasiliense morto em 2006 quando pedalava no Eixo Sul em Brasília.

Biólogo Pedro Davison, de 25 anos, é homenageado no Dia Nacional do Ciclista — Foto: Arquivo pessoal
Biólogo Pedro Davison, de 25 anos, é homenageado no Dia Nacional do Ciclista — Foto: Arquivo pessoal
 

17 de setembro, Dia mundial do ciclismo

Enquanto o dia mundial da bicicleta ainda era tema de debates na ONU, em 2017 com apoio da própria entidade e de uma empresa de compartilhamento de bicicletas, o dia 17 de setembro foi escolhido como dia mundial da bicicleta. A escolha recaiu pela semana do trânsito e a proximidade com o dia mundial sem carro (22/09).

Dia da padroeira dos ciclistas: 08 de dezembro, dia da Madonna del Ghisallo

No calendário da Confederação Brasileira de Ciclismo, o dia 08 de dezembro surge como dia do ciclista. A referência desta vez é Madonna del Ghisallo ou em português Nossa Senhora do Ghisallo. A Colle del Ghisallo é uma colina que liga Valassina com o Triângulo Lariano no município de Magreglio na província do Como na região da Lombardia na Itália. Lá está uma pequena igreja erguida no que reza a história foi o local onde o conde de Ghisallo foi atacado por bandidos e fez um voto a Nossa Senhora pela vida: Construir uma igreja em sua homenagem caso escapasse.
Interior da Capela de Madonna del Ghisallo | Foto Divulgação
Interior da Capela de Madonna del Ghisallo | Foto Divulgação
Ao longo dos anos 40 o padre Don Ermelindo Viganó um fanático pelo ciclismo convenceu o alto clero e o Papa Pio XII proclamou Madonna del Ghisallo a padroeira dos ciclistas. Na pequena capela foram sendo colocadas bicicletas de ciclistas que morreram disputando provas. Lá ficou a Caloi by Eddy Merckx na qual Fabio Casartelli perdeu a vida na descida da Col de Portet d’Astpet durante o Tour de France de 1995. Posteriormente a bicicleta foi transferida para o Museu do Ciclismo erguido ao lado da pequena Capela.
Bicicleta de Fabio Casartelli | Museo de Ghisallo
Bicicleta de Fabio Casartelli | Museo de Ghisallo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Next Post

Campeã italiana, Elisa Longo Borghini vence Paris Roubaix Feminina

A italiana Elisa Longo Borghini venceu a Paris Roubaix Feminina. Atual campeã italiana de 30 anos da Trek Segafredo atacou a 34km do final para não ser mais alcançada. Na disputa pelo pódio, Lotte Kopecky foi segunda pela Tem SD Worx enquanto Lucinda Brand vibrou muito ao conseguir o terceiro […]
Elisa Longo Borghini vence Paris Roubaix | Foto Reuters

leia também

Receba as novidades em seu e-mail