BMW apresenta e-bike capaz de chegar a 60km/h e ter autonomia de 300km!

Luiz Papillon

Durante o Salão Internacional do Automóvel e Mobilidade em Munique na Alemanha, a BMW lançou uma e-bile e uma e-moto. Com estrutura semelhante mas propostas totalmente distintas a iVision Amby e a Vision Amby apesar do nome, foram concebidas por divisões diferentes da BMW.

E-bike iVision Amby e e-moto Vision Amby da BMW
E-bike iVision Amby e e-moto Vision Amby da BMW | Foto Divulgação

Com diversas funções inteligentes, chama atenção a preocupação com a segurança. No aplicativo para smartphone, é possível destravar a e-bike ou a e-moto, ou bloquear funções. O desbloqueio pode ser via identificação facial para reduzir o risco de furto.

BMW iVision Amby

A iVision Amby é uma pedalec, ou seja o motor para entrar em uso é preciso que o ciclista pedale. O diferencial da iVision Amby é o controle eletrônico por aplicativo.

BMW iVision Amby

Sem um acelerador, como toda pedalec, a iVision Amby tem uma escolha de modo de potência. Ao entrar no perímetro urbano, a e-bike passa a ter uma velocidade máxima de 25km/h, satisfazendo a legislação para e-bike. Já para o uso em estrada, uma bateria de 2.000 watts por hora permite a e-bike atingir até 60km/h de velocidade máxima. Claro a autonomia é afetada pela velocidade adotada, que pode chegar a 300km quando utilizada no modo econômico para um mínimo de 75km quando em modo de potência máxima.

A ausência de legislação que preveja a iVision, pode obrigar o usuário a registrar a e-bike como uma motocicleta elétrica (tanto no Brasil como na Europa, sendo necessário o emplacamento), a BMW tenta explicar:

“Na ausência de um trabalho legislativo existente para um veículo com esse conceito de velocidade modular, os veículos “Amby” serão capazes de se adaptarem a esse tipo de legislação e por consequência o desenvolvimento dessa natureza.”

BMW iVision Amby | Foto Divulgação
BMW iVision Amby | Foto Divulgação

O amortecedor dianteiro tem um curso de 120mm e a e-bike utiliza rodas de 27,5″. Um detalhe de estilo são as luzes de led integradas tanto no guidão como a lanterna no canote. A transmissão é por correia dentada e seu peso de 30kg.

 

BMW Vision Amby

Desenvolvida pela divisão de motos da BMW, a Vision Amby é uma e-moto, ou seja possui acelerador e não pedais. A velocidade máxima atingida são os mesmos 60km/h. Com a mesma capacidade de bateria (2000watts/h), sem a função pedalec a autonomia cai para 110km. Pelo próprio visual podemos notar a pegada mais off-road da e-moto.

BMW Vision Amby | Foto Divulgação
BMW Vision Amby | Foto Divulgação

O chefe de design da divisão de motocicletas da BMW explica a inspiração da motocicleta elétrica:

“A Motocicleta Vison Amby da BMW nos leva para um novo território. Para nós, o foco é no comportamento do usuário, a questão é agora: como os usuários irão se locomover no futuro? O que eles irão esperar que um veículo seja capaz de fazer? Isso foi precisamente o ponto de partida para nossas decisões. Nosso desejo foi desenvolver um veículo extremamente emocionante para a mobilidade inteligente dentro e nos arredores da cidade que ofereça o máximo de liberdade. A divisão de motocicletas Vison Amby da BMW, realmente integra nossos usuários em uma experiência de vida urbana em um novo caminho, cobrindo distâncias com mais flexibilidade e saindo da cidade de tempo em tempo também.”

BMW Vision Amby | Foto Divulgação
BMW Vision Amby | Foto Divulgação

Repare como as rodas são de tamanhos diferentes, a Vision Amby utiliza roda dianteira de 26″ e roda traseira de 24″ com um pneu bem mais largo. O peso mais que dobra em relação a iVision, são 65kg e o garfo dianteiro é de fato uma suspensão de motocicleta (a BMW não divulgou o curso).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Next Post

Último campeão brasileiro, Vitor Zucco deixa o ciclismo aos 23 anos

Vitor surpreendeu a todos no campeonato brasileiro de 2019. Com um ataque longe da meta, tornou-se campeão brasileiro daquele ano. Quis o destino que o Brasil não tivesse mais provas nacionais desde então. Zucco desde então representou o Brasil em diversas provas competindo em especial pela equipe irlandesa EvoPro Cycling. […]
Vitor Zucco, campeão Brasileiro de 2019 | Foto Arquivo Pessoal

leia também

Receba as novidades em seu e-mail