Mathieu Van der Poel é Tetracampeão Mundial de Cyclocross!

Luiz Papillon

Mesmo caindo na segunda volta, Mathieu Van der Poel escreve mais um capítulo de sua história como o melhor ciclista no cyclocross em sua geração. Campeão mundial em 2015, 21019 e 2020, agora Van der Poel dominou a praia de Ostende na Bélgica para seu quarto título. A primeira vez desde 1984 que a modalidade tem um tetracampeão.

Mathieu Van der Poel, campeão Mundial de Cyclocross | Foto UCI
Mathieu Van der Poel, campeão Mundial de Cyclocross | Foto UCI

Wout van Aert, lutou muito na primeira metade da prova, mas um furo levou sua vantagem e nunca mais conseguiu alcançar Mathieu. Atrás na luta pelo bronze Toon Aerts levou a melhor sobre o britânico Tom Pidcock.

Mundial de Cyclocross em Ostende na Bélgica

A previsão era de uma disputa entre os dois tricampeões mundiais e se concretizou. Wout Van Aert, campeão em 2016,2017 e 2018 e Mathieu Van der Poel, campeão em 2015, 2019 e 2020 protagonizaram uma corrida épica. Após abrirem rapidamente dos demais ciclistas na volta inicial, Van der Poel caiu no setor de areia, após muita luta na perseguição, foi a vez do azar alcançar Wout, com um furo no pneu dianteiro. Era a vez de Van der Poel liderar.

No meio da rampa de 21%, Van der Poel exagerou e seu pé escapou do pedal ajudando Wout na perseguição. Assim iniciaram a quinta volta com uma pequena vantagem para o holandês Van der Poel. Atrás apenas Tom Pidcock se intrometia no Top10 belga-holandês.

A segunda metade da prova foi uma demonstração de força de Van der Poel. O holandês imprimiu um ritmo intenso e mesmo Wout Van Aert teve dificuldades em perseguir. Atrás Toon Aerts duelava com Tom Pidcock pela medalha de bronze.

https://youtu.be/DVNYi0N5r-M

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Next Post

Ribeirão libera ciclistas da elite, equipe luta em busca de patrocínio

Em comunicado, a equipe de Ciclismo de Ribeirão Preto, uma das mais longevas do ciclismo brasileiro está em vias de encerrar as atividades da categoria elite. Os ciclistas já foram comunicados e liberados para buscar outras equipes. Entre os ciclistas da equipe, destaque para Alessandro Guimarães, o Indinho que venceu […]

Receba as novidades em seu e-mail