Bora vence em Burgos com Felix Grossschartner!

Com um ataque “a moda Gilbert” no início da subida final em Alto del Castillo, o austríaco Felix Grossschartner venceu a primeira etapa da Volta a Burgos. Em segundo ficou o jovem português João Almeida correndo pela Deceuninck Quick Step e em terceiro o veterano espanhol Alejandro Valverde correndo pela Movistar.

“Estou muito feliz, na última curva antes da subida eu decidi atacar com tudo e se me alcançarem que seja. Fui indo e não me alcançaram. Achei bom que hoje estava quente mas não tão quente como ontem.” Felix Grosschartner

Ciclistas retirados por suspeita de covid-19

A equipe Israel StartUp Nation retirou dois ciclistas da Vuelta a Burgos antes da largada. O motivo foi a suspeita de contato com um colega que teve sintomas da infecção pelo coronavírus. Itamar Einhorn foi retirado da prova mesmo testando negativo, assim como Alex Dowsett. O motivo da cautela é que Omer Goldestein, com quem a dupla manteve contato na última semana testou positivo para o coronavírus na segunda feira.

Três outros membros da equipe de apoio foram isolados no hotel da equipe em Burgos. A equipe divulgou informe reafirmando o compromisso em não levar risco ao pelote.

Volta a Burgos 2020 – Etapa 1

Uma etapa imprevisível com uma subida curta e dura perto do final. Podendo favorecer tanto a fuga, como escaladores ou mesmo ter uma chegada para velocistas. Assim era a expectativa da etapa de 157km da Catedral de Burgos até o Alto del Castillo. A fuga do dia teve:

  • Jetse Bol – Burgos BH
  • Gotzon Martín – Eukastel
  • Diego Sevilla – KTX
  • Kiko Galván – EKP
Sebastian Ineos e Gijs Leemreize recebem atendimento | Captura TV

Na marca de 50km para o final uma queda grande levou alguns ciclistas ao solo, Rafal Majka da Bora estava envolvido assim como Henao da Ineos que abandonou a prova. O problema mais sério ficou para Gijs Leemreize, holandês da Jumbo Visma em que os primeiros informes relataram a possível amputação de um dedo, sendo o ciclista atendido pela ambulância da organização. A fuga mantinha nesse ponto de prova 1:50 de vantagem para o pelote.

Entrando pelos 40km finais a fuga inicial foi neutralizada e a prova passou a ser muito intensa. Veio então a equipe Deceuninck Quick Step e passou a esticar o pelote. Com isso Remco Evenepoel atacou e chegou a ter 40 segundos de vantagem solo, a fuga desgastou o pelote mas na marca de 22km para o final estavam novamente todos juntos.

Chegada com rampa dura

Uma rampa dura com até 9% de inclinação esperava os ciclistas no final de etapa. Assim as principais equipes começaram a lutar pelo posicionamento dentro dos 10km finais de prova.

Volta a Burgos Etapa 1 Alto del Castillo | Arte Divulgação

Pelote esticado, alta velocidade e foi assim que um grupo reduzido com cerca de 50 ciclistas entrou na cidade. O primeiro ataque veio com a Bora com Felix Grossscharner, atrás o grupo de favoritos não conseguiu responder e o austríaco venceu a prova. Oito segundos atrás ficou o português João Almeida seguido pelo espanhol Alejandro Valverde.

One thought on “Bora vence em Burgos com Felix Grossschartner!

Sua opinião é importante, compartilhe!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Next Post

Nova Tarmac SL7

A escolha para todas as corridas, assim a fabricante norte-americana com sede em Morgan Hill define sua nova Specialized Tarmac SL7. Todo foco na construção da nova versão de um sucesso foram em torna-la rápida sob toda circunstância. O lançamento tem premiere de 30 minutos no vídeo abaixo: Peso deixa […]

Receba as novidades em seu e-mail

%d blogueiros gostam disto: