Wout Van Aert venceu a Strade Bianche 2020

Luiz Papillon

Hoje sim, hoje sim! Duas vezes ele bateu na trave, ano passado sofreu um acidente terrível no Tour de France e agora dá a volta por cima no melhor estilo. O belga Wout Van Aert da Jumbo Visma, venceu de modo espetacular a sensacional Strade Bianche. No grupo de frente nas últimas duas horas de prova, Wout sobressaiu nos 20km finais e já entrou nos 10km finais na ponta. Pelo segundo lugar um duelo de campeões nacionais, com vantagem para o italiano Davide Formolo da UAE que ficou com o segundo lugar batendo o alemão Max Schachmann da Bora.

Strade Bianche 2020

Apenas em sua 14ª edição, a prova criada para ser um sucesso de público e TV segue firmando-se uma das mais emocionantes da temporada. A edição deste ano foi suspensa as vésperas da realização em março devido a pandemia do coronavírus e somente agora em agosto pôde ser realizada. E a espera valeu a pena.

Uma prova sensacional foi vista na ESPN2 e na RAI. Sem narração e comentários em português, também devido a pandemia por escolha da emissora, tivemos narração e comentários em inglês. Com clima seco na Toscana a Strade Bianche de fato apareceu neste ano, ou seja os longos trechos de cascalho na cor branca devido a formação calcária do solo foram vistos ao longo da prova.  Sob calor de 36ºC os ciclistas largaram na Toscana.

O trecho inicial da prova teve Simon Pellaud da Androni Giocattoli e Corne Van Kessel da Circus Wanty escapados. A dupla foi logo alcançada por outros ciclistas que atacaram do pelote e estava formada a fuga do dia. Com muita ação o grupo líder mudava o tempo todo.

Na marca de 70km para o final, tanto Alaphilippe (DQS) como Mathieu Van der Poel sofreram com furos de pneu e não conseguiu mais reconectar com o grupo líder. O grupo líder tinha:

  •  Davide Formolo
  • Jakob Fuglsang
  • Wout Van Aert
  • Alberto Bettiol
  • Greg Van Avermaet
  • Max Schachmann
  • Michael Gogl

Nos 10km finais, Wout Van Aert assumiu a ponta e era perseguido de perto por Schachmann e Formolo. Um pouco atrás vinham  Bettiol e Flugsang enquanto Avermaet e Stybar estavam um minuto atrás.

A medida que chegaram na cidade de Siena ficou claro que a vitória era de Wout Van Aert. Sem contra ataque, com uma vantagem pequena mas segura, o belga que bateu na trave duas vezes, agora conquistou a vitória na Strade Bianche!

Pelo segundo lugar um duelo de campeões nacionais, com vantagem para o italiano Davide Formolo da UAE que ficou com o segundo lugar batendo o alemão Max Schachmann da Bora.

Classificação da 14ª Strade Bianche

 

Sua opinião é importante, compartilhe!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Next Post

Gorka Izaguirre vence a Trittico Lombardo

Uma superclássica única, com muita chuva, ataque atrás de ataque e no final o basco Gorka Izaguirre da Astana venceu a prova que representa três grandes clássicas e o renascimento do ciclismo pós pandemia na Lombardia. Em segundo completando a dobradinha basca da Astana, Alex Aramburu que venceu o sprint […]

Receba as novidades em seu e-mail

%d blogueiros gostam disto: