Campeonato Europeu de Ciclismo

Luiz Papillon

O ciclismo europeu conhecerá seus campeões nesta semana, as disputas começaram em Emmen com as provas de contrarrelógio e agora seguem para Drenthe nos Países Baixos para as disputas de estrada. Stefan Kung completa o contrarrelógio todo ensanguentado | Captura TV

Stefan Kung completa o contrarrelógio todo ensanguentado | Captura TV

Stefan Kung terminou a prova com fratura no malar, nas mãos e o capacete destruído. Posteriormente foi diagnosticado com concussão cerebral. Embora a impactante imagem remeta a superação do ciclista, é de se preocupar que em um caso de queda tão severa não tenha sido feito o protocolo da UCI para concussões.

Campeonato Europeu de Ciclismo

Após a Vuelta a temporada de ciclismo segue para sua parte final, passando pelo Campeonato Europeu de Ciclismo, os Jogos Pan Americanos do Chile e finalmente as provas do Giro da Lombardia e Paris-Tours, encerrando a temporada 2023. O campeonato europeu de ciclismo por anos era disputado somente na categoria sub-23, depois recebeu os júniores e finalmente em 2016 passou a receber as disputas de elite.

Entre os ciclistas que já venceram o europeu estão Peter Sagan, Elia Viviani, Sonny Colbrelli e Fabio Jakobsen entre os homens. Já entre as mulheres, Anna van der Breggen, Marianne Vos, Amy Pieters e Lorena Wiebes estão entre as vencedoras.

131km para mulheres e 199km para homens

Com um trajeto de 131km para mulheres que largam de Meppel no sábado e 199km para os homens largando de Assen no domingo o campeonato europeu promete muita disputa no circuito que tem como destaque a montanha VAM. Lotte Kopecky é a grande favorita, juntamente com Lorena Wiebes e Elisa Balsamo. Na disputa masculina a Bélgica tem Wout van Aert e Arnaud De Lie enquanto a França tem Christophe Laporte. Contudo pelo apresentado na temporada a grande força é a Dinamarca com um time que tem Mads Pedersen como capitão.

Europeu de Contrarrelógio tem domínio Suíço e Britânico

No contrarrelógio individual Marlen Reusser dessa vez fez valer o favoritismo. Lembrando que no mundial em Glasgow a suíça teve dificuldades e sem performance abandonou a prova sem concluir. Agora ela deixa isso para trás colocando 43s de vantagem na britânica Anna Henderson. Entre os homens, o britanico Joshua Tarling também venceu com autoridade colocando 42s no suíço Stefan Bissegger enquanto o belga Wout van Aert foi o terceiro.

O suíço Stefan Kung teve a imagem mais impactante da disputa, o ciclista caiu nos quilômetros finais da disputa e ainda assim levantou e concluiu a prova com o capacete destruído e o rosto ensanguentado. Após a queda, Kung foi diagnosticado com concução e fratura do osso malar e em uma das mãos, sendo forçado a encerrar a temporada.

Na disputa sub-23, os campeões foram Zoe Backstedt entre as mulheres e o belga Alec Segart entre os homens. O revezamento misto teve a França como vencedora, batendo a Itália por 4s com a Alemanha completando o pódio.

As disputas são televisionadas pela GCN+ para assinantes.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Next Post

Soudal Visma em 2024? Mega fusão no ciclismo mundial estaria em andamento!

Guardada a sete chaves, fusão das equipes de ciclismo profissional que hoje se chamam Jumbo Visma e Soudal Quick Step estaria não só próxima de tornar-se realidade como em andamento. Jumbo Visma e Soudal Quick Step podem estar formando uma super equipe Detalhes da transação foram revelados em site especializado […]

leia também

Receba as novidades em seu e-mail