Quick-Step vence mais uma na Vuelta com Alaphilippe!

Luiz Papillon

Deu fuga mais uma vez na Vuelta 2017 e a Quick Step venceu com Alaphilippe, Jan Polanc da Emirates foi o segundo seguido de Rafal Majka da Bora. Na classificação geral Froome ampliou sua vantagem sobre Chaves e Roche enquanto Contador recuperou um pouco a distância para os demais a exceção de Froome e Nelson Oliveira.

Todo noticiário de ciclismo do dia começou com  a notícia sobre Barguil deixar a Vuelta por não concordar com os planos de corrida de sua equipe Sunweb, comentamos a rebeldia de Barguil:

http://www.pelote.com.br/sunweb-tira-barguil-da-vuelta/

Logo após a largada um acidente levou Rohan Dennis da BMC ao chão com muitos cortes ele subiu na bicicleta e com auxílio de Alessandro de Marchi e Eric Mas voltou ao pelote. Logo a seguir várias tentativas de se estabelecer a fuga foram neutralizados até que um grupo de 21 pilotos conseguiu deixar definitivamente o pelote, com 50km de prova Alaphilippe, Rafal Majka, Nimiec, Polanc e Nelso Oliveira estavam no grupo sendo que o português apenas 3’06” atrás de Froome na classificação geral, assim durante boa parte do dia havia mudança parcial de líder na classificação geral.

A medida que o pelote chegou a metade da prova os termômetros começaram a marcar próximo a 38º de temperatura, a fuga chegou a um máximo de 5′ ao ponto que a Sky assumiu a responsabilidade e aumentou o ritmo, mais uma queda aconteceu com Rubén Fernandes da Movistar demonstrando muita dor.

Sem conseguir diminuir a vantagem a Sky passou a revezar a liderança do pelote com a BMC, Cannondale, Astana e Barein, restavam apenas 13km para o final e com certeza a fuga tinha novamente chances reais de vitória com vantagem na casa dos 4′, começaram a subir um falso plano que antecede o Alto de Xorret de Cati, montanha de primeira categoria, e começaram os ataques na fuga, primeiro Vreese da Astana e Buchmann da Bora, logo a seguir vieram Alaphilippe, Serge Pawels e Majka. Majka e Alaphilippe tentaram uma, duas vezes e conseguiram abrir de Pauwels e Buchmann. No pelote Simon Yates e De La Cruz atacaram Contador reagiu escalando a frente do pelote no ponto que começaram a alcançar os sobrados da fuga enquanto na ponta a dupla líder atingiu o trecho mais inclinado com duríssimos 22% de inclinação.

No final da subida Pauwels tentava contato com Alaphilippe e Majka que a cada aproximação respondiam mantendo o belga a certa distância, enquanto no pelote 2′ atrás Froome assumia a ponta. Na frente da prova Majka passou na ponta e começaram a descida curta e ingrime para o final, no pelote Froome passou a frente com Contador e desceram juntos para o final, quando Jan Polanc que estava na fuga apareceu “do nada” na imagem da ponta com resposta de Alaphilippe e Majka e foram para o sprint com o francês da Quick Step vencendo seguido do esloveno da Emirates  e Rafal Majka em terceiro. No pelote Froome  e Contador chegaram a frente do pelote e com isso Froome abriu mais 17″sobre Chaves e 28 sobre Roche.

E assim ficaram os dez primeiros da etapa:

1. ALAPHILIPPE Julian QUICK – STEP FLOORS 04h 37′ 55” B : 10”
2. POLANC Jan UAE TEAM EMIRATES 04h 37′ 57” B : 06” + 00′ 02”
3. MAJKA Rafal BORA – HANSGROHE 04h 37′ 57” B : 04” + 00′ 02”
4. PAUWELS Serge TEAM DIMENSION DATA 04h 38′ 21” B : 03” + 00′ 26”
5. OLIVEIRA Nelson MOVISTAR TEAM 04h 38′ 23” + 00′ 28”
6. KREDER Michel AQUA BLUE SPORT 04h 38′ 27” + 00′ 32”
7. MONFORT Maxime LOTTO SOUDAL 04h 38′ 27” + 00′ 32”
8. DE CLERCQ Bart LOTTO SOUDAL 04h 38′ 29” + 00′ 34”
9. LOSADA ALGUACIL Alberto TEAM KATUSHA ALPECIN 04h 38′ 32” + 00′ 37”
10. BUCHMANN Emanuel BORA – HANSGROHE 04h 38′ 59” B : 02” + 01′ 04”

 

Os dez primeiros colocados na classificação geral:

1. FROOME Christopher TEAM SKY 32h 26′ 13”
2. CHAVES RUBIO Johan Esteban ORICA – SCOTT 32h 26′ 41” + 00′ 28”
3. ROCHE Nicolas BMC RACING TEAM 32h 26′ 54” + 00′ 41”
4. NIBALI Vincenzo BAHRAIN – MERIDA 32h 27′ 06” + 00′ 53”
5. VAN GARDEREN Tejay BMC RACING TEAM 32h 27′ 11” + 00′ 58”
6. ARU Fabio ASTANA PRO TEAM 32h 27′ 19” + 01′ 06”
7. DE LA CRUZ MELGAREJO David QUICK – STEP FLOORS 32h 27′ 21” + 01′ 08”
8. YATES Adam ORICA – SCOTT 32h 27′ 31” + 01′ 18”
9. WOODS Michael CANNONDALE DRAPAC PROFESSIONAL CYCLING TEAM 32h 27′ 54” + 01′ 41”
10. ZAKARIN Ilnur TEAM KATUSHA ALPECIN 32h 28′ 10” + 01′ 57”

A classificação por pontos esta mais acirrada com Pawel Poljanski e Matej Mohoric mais próximos a Matteo Trentin:

1. TRENTIN Matteo QUICK – STEP FLOORS 49 pts
2. POLJANSKI Pawel BORA – HANSGROHE 44 pts
3. MOHORIC Matej UAE TEAM EMIRATES 43 pts
4. ALAPHILIPPE Julian QUICK – STEP FLOORS 34 pts
5. POLANC Jan UAE TEAM EMIRATES 32 pts

Na camisa de montanha, Davide Villella segue com folga sobre Thomas de Gendt:

1. VILLELLA Davide CANNONDALE DRAPAC PROFESSIONAL CYCLING TEAM 38 pts
2. DE GENDT Thomas LOTTO SOUDAL 17 pts
3. ATAPUMA HURTADO Jhon Darwin UAE TEAM EMIRATES 12 pts
4. MAS BONET Luis Guillermo CAJA RURAL – SEGUROS RGA 11 pts
5. MAJKA Rafal BORA – HANSGROHE 10 pts

Sua opinião é importante, compartilhe!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Next Post

Froome vence e amplia vantagem na Vuelta

Ninguém bate o britânico! Christopher Froome venceu a 9ª etapa da Vuelta em Cumbre del Sol, uma subida brutal de primeira categoria e 9.1% de inclinação média com um trecho de 21% ainda no começo.  A etapa foi até bem parecida com a de ontem, porém hoje o pelote não […]

Receba as novidades em seu e-mail

%d blogueiros gostam disto: