Roglic vence na Vuelta!

Luiz Papillon

Em uma etapa intensa Primoz Roglic, campeão da Vuelta 2019 venceu a abertura da Vuelta 2020. Com chegada logo após a subida ao monte Arrate, Roglic da equipe Jumbo Visma atacou no final para vencer com autoridade. Em segundo ficou Richard Carapaz da Ineos Grenadiers e em terceiro Dan Martin da equipe Israel StartUp Nation.

Vuelta 2020 – Etapa 1 – Irun a Arrate – 173km

A Vuelta largou de Irun, obviamente vem ao fã do ciclismo a lembrança da estória do bife de Irun, contaminado com clembuterol que seria a origem do doping de Contador em 2010. A chegada foi em Arrate uma montanha na cidade de Eibar, que foi chegada da Vuelta por três vezes. Uma das comidas típicas da região são os pintxos (espetinhos). Você pode conferir nosso guia para a Vuelta 2020 clicando aqui.

Com três subidas categorizadas a fuga teve cinco ciclistas:

  • Rémi Cavagna (Deceuninck-QuickStep)
  • Quentin Jauregui (AG2R La Mondiale)
  • Jasha Sütterlin (Team Sunweb)
  • Tim Wellens (Lotto Soudal)
  • Jetse Bol (Burgos-BH)

Durante a etapa, três abandonos com Mathias Frank e Alex Genies da Ag2r e o jovem estreante Ilan van Wilder da equipe Sunweb. O colombiano Daniel Felipe Martinez caiu, teve ajuda dos companheiros e conseguiu terminar a etapa.

Remi Cavagna tentou por várias vezes atacar e escapar na Vuelta mas foi marcado duramente. A fuga durou até 28km do final e assim que foi neutralizada, a Ineos posicionou Froome e Carapaz para atacarem ao Alto de Elgeta. Froome trabalhou para Carapaz até sobrar na marca de 15km para o final, quando Andrey Amador assumiu a posição a frente de Carapaz.

Veio a subida final em Arrate e após muitos ataques os favoritos foram reduzidos a um grupo de dez ciclistas. A aceleração na ponta com a Jumbo esticando tudo provocou danos e apenas sete ciclistas terminaram no grupo. Todos os demais sobraram. No final, Roglic atacou e venceu assumindo a liderança da Vuelta 2020. Em segundo ficou Richard Carapaz da Ineos Grenadiers e em terceiro Dan Martin da equipe Israel StartUp Nation.

 

 

Sua opinião é importante, compartilhe!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Next Post

Vitória da fuga com Ben O'Connor no Giro, bravo João Almeida resiste e mantém a camisa rosa!

Vitória da fuga no Giro 2020! O australiano Ben O’Connor da NTT venceu em Madona di Campiglio. O austríaco Hermann Pernsteiner foi o segundo e o belga Thomas De Gendt o terceiro. João Almeida resistiu aos ataques da Sunweb e manteve a camisa rosa de líder do Giro 2020. Giro […]

Receba as novidades em seu e-mail

%d blogueiros gostam disto: