Italiano pego correndo com motor escondido na Brescia!

Luiz Papillon

Mais um caso de doping mecânico, Alessandro Andreoli, ciclista amador de 53 anos da equipe Tokens-Bettoni de Costa Volpino na Italia foi pego usando motor escondido em sua Argon 18. Durante uma prova oficial em um trecho de escalada ele alcançõu 50km/h como um profissional do Giro. Os organizadores utilizaram um scanner de calor identificando a anomalia e convidaram o ciclista para ir até a oficina, ponto onde Andreoli assumiu a culpa.

O trapaceiro foi desclassificado da prova que chegou em terceiro lugar (nem com motor ganhou!) e evidenciou a necessidade da luta contra o doping mecânico.

Convenhamos, é muita sociopatia investir 3.000 euros num motor para trapacear numa prova máster.

O motor utilizado pelo trapaceiro é escondido no tubo de selim e aciona o pedivela:

Sua opinião é importante, compartilhe!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Next Post

Froome correrá Vuelta, Mikel Nieve fora da Sky

Com três segundos lugares na Vuelta nos anos de 2012, 2014 e 2016, Chris Froome vai tentar o Double que começa dia 19 em Nimes na França. Em entrevista ao Sunday Times, o tetracampeão do Tour de France mostrou confiança: “Nos anos anteriores a decisão de correr a volta foi […]

Receba as novidades em seu e-mail

%d blogueiros gostam disto: