Landa vence, Quintana é camisa rosa!

Numa longa fuga Mikel Landa da Sky levou a etapa em Piancavallo, o grupo de Pinot, Nibali e Quintana atacou cedo na etapa num momento em que Dumoulin estava no fundo do pelote e abiram dois minutos, Dumoulin sofreu muito conseguiu minimizar as perdas mas não o suficiente para manter a maglia rosa.

Antes do início de etapa em San Candido um aperto de mãos entre Dumoulin e Nibali para tentar desfazer as rusgas pelas declarações de ontem, mas o golpe já estava planejado. No começo da etapa Dumoulin foi para trás do pelote por alguns instantes, chegaram a dizer que era para satisfazer outro chamado da natureza o que foi desmentido depois, mas a RAI chegou a noticiar que Rojas da Movistar teria alertado a equipe via rádio do momento de Dumoulin e a equipe nesse momento atacou, com a vantagem aberta seguiram FDJ, Bahrein e a Movistar revezando e infringindo perdas enormes a Dumoulin que estava só com a frágil Sunweb. Na cabeça de corrida quatorze pilotos se revezavam para fazer vingar a fuga do dia, entre eles Rolland, Henao, Luis Leon Sanchez e Rui Costa, atrás uma perseguição com Visconti, Ruben Plaza e Mikel Landa partia do pelote despedaçado atrás dos líderes.

A vinte cinco quilômetros do final começou a subida a Piancavallo e na fuga ataque atrás de ataque com Henao, Rui Costa e finalmente Mikel Landa que atacou e sumiu a frente do grupo, atrás quase oito minutos o grupo com Quintana, Nibali e Pinot começava a escalada e foi o francês que fez o primeiro movimento, atacou e foi ganhando vantagem sem resposta imediata de Nibali e Quintana, a primeira perseguição partiu com Zakarin e Pozzovivo, vendo os adversários do Top10 atacarem Nibali foi o próximo a fazer o movimento com Quintana sobrando, cercado de seus companheiros de Movistar o colombiano retomou a roda de Nibali, enquanto isso atrás vinha Dumoulin sofrendo muito na subida e sem nenhum gregário para o ajudar, aquele momento Quintana já era o maglia rosa virtual.

No final o trajeto tinha um alívio que permitiu a Dumoulin acelerar e minimizar as perdas mas o estrago já estava feito, Nairo Quintana o colombiano da Movistar assumiu a camisa rosa com trinta e oito segundos de vantagem sobre o holandês, o perigoso italiano Vicenzo Nibali apenas cinco segundos de Dumoulin e entrando na briga Thibaut Pinot o francês da FdJ que agora esta cinquenta e três segundos atrás de Quintana.

O Giro tem mais uma dura etapa amanhã com escalada a Montegrappa mas a chegada não é em subida, tendo cerca de quinze quilômetros planos e no domingo tem o contra relógio individual de trinta quilômetros terminando em Milão, a exemplo na etapa de CRI com 40km Dumoulin colocou 2:23″ em Nairo, 2’42″em Pinot e 2’07” em Nibali, o que proporcionalmente dá 1’40” em 30km para Quintana e 1’35” para Nibali.

 

Os dez primeiros da etapa foram:

1 Mikel Landa (Spa) Team Sky 4:53:00
2 Rui Costa (Por) UAE Team Emirates 0:01:49
3 Pierre Rolland (Fra) Cannondale-Drapac 0:01:54
4 Pello Bilbao (Spa) Astana Pro Team 0:02:12
5 Sebastian Henao (Col) Team Sky 0:03:06
6 Evgeny Shalunov (Rus) Gazprom – Rusvelo 0:03:51
7 Luis León Sanchez (Spa) Astana Pro Team
8 Matteo Busato (Ita) Wilier Triestina 0:05:05
9 Lorenzo Rota (Ita) Bardiani CSF
10 Ilia Koshevoy (Blr) Wilier Triestina 0:06:44

Classificação geral após 19 etapas:

1 Nairo Quintana (Col) Movistar Team 85:02:40
2 Tom Dumoulin (Ned) Team Sunweb 0:00:38
3 Vincenzo Nibali (Ita) Bahrain-Merida 0:00:43
4 Thibaut Pinot (Fra) FDJ 0:00:53
5 Ilnur Zakarin (Rus) Katusha-Alpecin 0:01:21
6 Domenico Pozzovivo (Ita) AG2R La Mondiale 0:01:30
7 Bauke Mollema (Ned) Trek-Segafredo 0:02:48
8 Adam Yates (GBr) Orica-Scott 0:06:35
9 Bob Jungels (Lux) Quick-Step Floors 0:07:03
10 Steven Kruijswijk (Ned) Team LottoNl-Jumbo 0:07:37

Deixe uma resposta