Tirreno Adriático 2022, Todos contra Pogacar!

Luiz Papillon

Tirreno Adriático

Disputada desde 1966, a Tirreno Adriático é uma prova que liga dos mares, o mar Tirreno ao Adriático cortando a “bota” ao meio. Com um trajeto que mistura etapas para velocistas e meia montanha a Tirreno Adriático divide atenções com a Paris-Nice que acontece em paralelo na França.

Partindo de Lido di Camaiore com um contrarrelógio individual curto de apenas 13,9km, os ciclistas terão uma etapa plana chegando em Sovicille na segunda etapa e outra em Terni, esta com mais chance para a fuga. De quinta a sábado é a vez dos escaladores para somente no domingo um esperado sprint em San Benedetto del Tronto coroar o rei dos dois mares com o belíssimo tridente.

Ao todo os ciclistas percorrerão 1.133,9km e 14.360m de subida acumulada, distribuídos nas sete etapas.

Favoritos na Tirreno Adriático 2022

Atual campeão da Tirreno Adriático, bicampeão do Tour de France e vencedor da Strade Bianche, Tadej Pogacar é favoritíssimo ao bicampeonato. Com uma equipe muito forte e em forma espetacular, o esloveno de 23 anos é favorito até no par ou ímpar. Mas não deve ser tão fácil, o belga Remco Evenepoel chega com uma vitória na classificação geral na Volta do Algarve. Além disso tem como super-gregário o atual bicampeão mundial de ciclismo, Julian Alaphilippe.

Tadej Pogacar vence Strade Bianche!
Tadej Pogacar vence Strade Bianche!

Pela equipe Ineos a estrela é o equatoriano Richard Carapaz. De volta a sua casa, Miguel Ángel López busca brilhar pela Astana enquanto na equipe do Bahrain, Damiano Caruso será o líder tendo Mikel Landa e Pello Bilbao como gregários.

Tadej Pogacar

Remco Evenepoel e Richard Carapaz.

Miguel Ángel López e  Damiano Caruso.

Velocistas

Entre os sprinters, ou velocistas como preferimos chamar, a briga deve ser dura, com Caleb Ewan, Tim Merlier, Mark Cavendish, Elia Viviani e Arnaud Démare. Sem dúvidas um elenco mais qualificado que a rival prova francesa. Quem estará também na disputa é Peter Sagan, o eslovaco ainda não engrenou em sua nova equipe e vem de um resfriado com febre e dor de garganta, tudo isso após ter tido sintomas leves da covid-19 em janeiro.

Peter Sagan em coletiva para a Tirreno Adrático | Foto RCS
Peter Sagan em coletiva para a Tirreno Adrático | Foto RCS

“Eu só tenho que continuar correndo, continuar sofrendo e esperar que a forma chegue o mais rápido possível” disse Peter Sagan.

Caleb Ewan, Tim Merlier

Mark Cavendish, Elia Viviani e Arnaud Démare

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Next Post

Jakobsen bate Wout van Aert na Paris Nice!

Vitória de Fabio Jakobsen pela Quick-Step na etapa 2 da Paris Nice em Orléans! Após muita disputa e desespero por conta do vento cruza o pelote chegou para o sprint e Jakobsen derrotou Wout van Aert no sprint. O belga da Jumbo Visma foi segundo e seu companheiro de equipe […]
Fabio Jakobsen vence na Paris Nice | Captura TV

leia também

Receba as novidades em seu e-mail