Criterium du Dauphiné 2020

Ultima competição antes do Tour de France, o Critérium du Dauphiné vem bem diferente em 2020. Além da data modificada pela pandemia do Coronavírus, a prova foi reduzida das tradicionais oito para cinco etapas. Assim a prova deixa de ter etapas planas e disputa contra o relógio, para ter cinco chegadas ao alto. Com isso, ainda que estejam presentes André Greipel e Sonny Colbrelli, o Critérium du Dauphiné 2020 é para escaladores.

Critérium du Dauphiné 2020

A primeira etapa do Critérium du Dauphiné 2020 tem “apenas” sete montanhas categorizadas, a maioria de categoria 4. Assim deve ser a etapa mais fácil para nomes como Wout Van Aert, Peter Sagan e Alejandro Valverde se destacarem. Já na segunda etapa a primeira montanha de categoria especial recebe a chegada. Já é etapa para Nairo Quintana, Egan Bernal e Primoz Roglic começarem a definir quem deve brigar pela vitória.

Na terceira etapa, é a vez da famosa Col de la Madaleine, uma serra de 17.8km e 8.2% de inclinação média, como se não bastasse, o final é no topo de Saint Martin de Belleville, uma subida de primeira categoria. Os cabritos seguem escalando pela quarta etapa com seis subidas categorizadas, sendo uma especial e chegada ao alto em Megève.

A última e derradeira etapa começa e termina em Megève, passando pela Col de Romme e Col de la Colombiere em um duríssimo dia com oito subidas categorizada.

A ESPN transmite as provas ao vivo no canal ESPN2, com narração e comentários em português.

Favoritos ao Critérium du Dauphiné 2020

Nesta década a equipe Ineos venceu seis das nove edições, e vem com uma equipe fortíssima que destaco Egan Bernal, Geraint Thomas, Pavel Sivakov e Chris Froome. Já as “vespas assassinas” como vem sendo apelidada a Jumbo Visma, tem Primoz Roglic, Tom Dumoulin e Steven Krujswijk, além do classicomano Wout Van Aert. São sem dúvida as equipes mais fortes, mas isso não significa que a disputa fique entre eles. A atual campeã Astana vem mais uma vez com Miguel Angel Lopez, o colombiano que pela primeira vez não disputará a camisa branca (que ele deve ter algumas dúzias, de tantas que já ganhou). Na Movistar, embora Valverde leve o numeral um, será uma prova para Enric Mas mostrar o que poderá fazer no Tour.

É preciso citar ainda ao menos cinco favoritos, Nairo Quintana em sua pequena mas dedicada Arkéa com ótimos escaladores, Thibaut Pinot pela Groupama FDJ, Mikel Landa pela Bahrain e Rigoberto Uran pela EF Education First.

Le Dauphiné Libéré criou a prova em 1947

Ano passado um leitor me perguntou o porquê de não utilizar o nome traduzido para o português. Ocorre que comercialmente a emissora que detém os direitos de transmissão, a ESPN utiliza o nome original em francês, assim o que poderia ser “Critério do Delfinato” na tradução correta, é mantido no original.

O Dauphiné existe desde 1947, criado pelo jornal Dauphiné Libéré, porém em dois anos a prova não aconteceu, 1967 e 1968 e em 1969 foi  fundido com o Circuito das Seis Provincias Dauphoné, e de 1969 a 2009 a organização foi dividida entre o jornal e a ASO, em 2010 o jornal cedeu toda responsabilidade para a ASO que passou a organizar então as três maiores competições ciclísticas da França, o Tour de France, Paris Roubaix e o Criterium du Dauphiné.

le_dauphine_libere

Entre os vencedores da prova, cinco ciclistas venceram por três vezes a prova, o último a conquistar o feito foi Chris Froome em 2016. Além dele, Valverde venceu por duas vezes assim como Jakob Fuglsang, cuja equipe não escalou para a prova este ano.

 

One thought on “Criterium du Dauphiné 2020

Sua opinião é importante, compartilhe!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Next Post

Vespas Assassinas atacam o pelote!

Amarelo e preto, os capacetes e uniformes da Jumbo Visma se destacam no pelote WorldTour e já ganharam apelido entre os ciclistas: Vespas Assassinas! É isso mesmo, uma brincadeira com a notícia sobre a chegada das “Vespas Assassinas” nos EUA levou ao apelido. E hoje o ataque foi em dose […]

Receba as novidades em seu e-mail

%d blogueiros gostam disto: