Letape do Tour de France – Edição Brasileira

Neste domingo (29/09), rolou em Campos do Jordão em São Paulo o 5º L’Étape Brasil by Le Tour de France, ou “Letape” como falamos. Foram pouco mais de 2.400 ciclistas amadores de todos estados do país. Com dois trajetos um mais leve e um mais duro com 107km de distância e 2.330 metros de altimetria acumulada. Ao invés de seguir com o press release da assessoria do Letape, acho mais legal contar na primeira pessoa essa aventura. Nosso amigo e colega Fabio Monjardim participou da prova e conta como foi o Letape Brasil!

Durante três dias você respira Letape!

A cidade de Campos do Jordão respira ciclismo nos 3 dias de LETAPE, isso mesmo, são 3 dias de evento, o VILLAGE LETAPE abre as portas na sexta feira. Muitas coisas acontecem no Village, muitas lojas, assessorias, enfim, muitos negócios são feitos. Conversando com os lojistas, eles estavam muito animados com o sucesso do LETAPE.

Foram mais de 2400 ciclistas inscritos, de todos os cantos do Brasil e também ciclistas de outros países.
Isso fez movimentar demais a cidade, principalmente no Sábado, aonde o CAPIVARI (Centro de Campos do Jordão) estava LOTADO.

Didi Senft “El Diablo” – Foto Fabio Monjardim

Ciclistas e seus familiares lotavam os restaurantes da cidade, aonde você só se ouvia falar de CICLISMO.
Conversando com um gerente de restaurante, que inclusive tinha cartaz de boas vindas aos ciclistas (diversos restaurantes tinham cartazes, alguns até temáticos), me disse que aumenta muito o movimento com o evento do LETAPE Brasil em Campos do Jordão.

Domingo dia de prova!

Domingo todo mundo alinhado, pelotões divididos de 3 em 3 minutos, horários cumpridos rigorosamente, ou seja, pontualidade britânica. A prova em si é um espetáculo a parte, um clima amigável, sem aqueles caças foices que sempre da confusão, pois a grande maioria ali estava concorrendo contra si mesmo. Problemas tivemos somente com a elite, alguns acidentes na descida de Itapeva, inclusive, no debriefing, um dos organizadores disse que foi o ano com menos acidentes.

Largada Organizada | Foto Fabio Monjardim

As rodovias FECHADAS 100%, isso mesmo, nada de ficar dividindo meia faixa com carros e a outra metade que sobra dividindo com ciclistas em sentido contrário, consegui atingir 82km/h na descida da serra nova, nem de CARRO consigo atingir tamanha velocidade.

Muitos moradores ficam na lateral da pista durante o percurso filmando com seus celulares, crianças e adultos dando apoio aos ciclistas, enfim, a região toda vive o clima da prova. Após o término da prova, uma estrutura enorme foi montada para receber os ciclistas, com milhares de garrafas de água, isotônico, frutas, etc.

Durante a prova também tinham pontos de hidratação com água, isotônico, gel, etc.
Conversando com alguns ciclistas mais experientes após a chegada, me disseram que o LETAPE BRASIL não perde nada para grandes eventos internacionais que eles foram, que a estrutura é nível de eventos europeus, por isso o sucesso do LETAPE.

Selfie Fabio Monjardim e a medalha de participação no Letape Brasil

Clima e ambiente fidelizam o ciclista!

Nomeio abaixo alguns pontos que mais me impressionaram.

  • A cidade respira ciclismo nos 3 dias de EVENTO
  • Estrutura da prova PERFEITA, grandiosa mesmo, ao ponto de fechar durante a prova TODAS as estradas de acesso a Campos do Jordão, isso mesmo, TODAS, isso no Brasil era algo INIMAGINÁVEL para uma prova de ciclismo.
  • Clima de amizade e apoio entre os ciclistas, aonde fica claro pra mim que a grande maioria está ali para competir consigo mesmo.
  • Estrutura que a cidade de Campos proporciona é excelente, Campos vem se tornando nossa capital do ciclismo e eu que vou bastante pra lá tenho percebido que só tem aumentado isso.
  • Estradas novas, sem buracos, asfalto um tapete em todo o percurso.
  • Encontrar pessoalmente os amigos que fiz em grupos de whatsapp e fórum.

Enfim, como disse, já no sábado fiz inscrição para o LETAPE 2020, ao custo de R$690 em 12x sem juros, o que equivaele a R$57,5 Reais por mês e pelo oque o LETAPE Brasil e a cidade de Campos do Jordão me ofereceram nesse final de semana, faz vale cada centavo!

Chapeau LETAPE BRASIL, até ano que vem!

Texto: Fabio Monjardim

Fabio Monjardim é piloto da aviação comercial e competiu na categoria Master B (45 a 50 anos), completou o percurso de 66km com o tempo de 2:35:10, 70º na classificação geral e 13º na categoria.

Resultados do Letape Brasil

Prova 107 KM – Feminino
1º – Nadine Gil – 3h15min36
2º – Taise Benato – 3h34min28
3º – Cristiane Silva – 3h37min08

Prova 107 KM – Masculino
1º – Otavio Bulgarelli – 3h07min02s20
2º – Ricardo Pichetta – 3h07min02s24
3º – Daniel Mendes – 3h07min02s47

Prova 66 KM – Feminino
1º – Mariana Mendes – 2h07min59s31
2º – Priscila Julio – 2h07min59s95
3º – Marta Lima – 2h13min59s86
Prova 66 KM – Masculino
1º – Rafael Oliveira – 2h02s69
2º – Guilherme Cohen – 2h01min07s43
3º – Luiz Rosa – 2h01min07s51

Mais informações sobre o Letape Brasil

Site oficial – https://www.letapebrasil.com.br/
Facebook – https://www.facebook.com/letapebrasil/
Instagram – https://www.instagram.com/letapebrasil/
Youtube – https://www.youtube.com/channel/UCKq1bBlIu2szJDU-oj4McuQ
Strava – https://www.strava.com/clubs/l-etape-brasil-by-tour-de-france-1

3 thoughts on “Letape do Tour de France – Edição Brasileira

Sua opinião é importante, compartilhe!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Next Post

Copa Brasil de Para-Ciclismo em Leme encerrou a temporada 2019

A Copa Brasil de para-ciclismo aconteceu em Leme/SP. A prova que encerra o calendário do para-ciclismo brasileiro em 2019 contou com cerca de 100 para-ciclistas que competiram em 21 categorias. “Conseguimos fechar a competição com sucesso total aqui em Leme. O circuito foi escolhido com muito cuidado para explorarmos as […]

Receba as novidades em seu e-mail

%d blogueiros gostam disto: