Processo eleitoral na CBC tem início com pré candidatos

Luiz Papillon

Nesta semana as redes sociais relacionadas ao ciclismo ficaram em polvorosa com o início da campanha eleitoral para presidência da Confederação Brasileira de Ciclismo, a CBC. Vamos abordar ponto a ponto esse processo que interessa não só ao ciclismo de estrada, mas a todas modalidades de ciclismo.

Nosso ciclismo tem um problema sério de memória curta. Entre muitos praticantes poucos conhecem histórias como a de Fernando Louro, Anésio Argenton ou de Bruno Caloi. Assim numa tentativa de resgatar um pouco dessa história e com o processo eleitoral da Confederação Brasileira de Ciclismo se aproximando, vamos aos poucos contar um pouco mais do envolvimento das pessoas que ou governam ou pretendem governar o ciclismo brasileiro.

Em conversa informal, o atual mandatário da CBC, José Luiz Vasconcellos me disse estar cansado e que possivelmente não participaria do processo eleitoral. A reeleição indeterminada acabou em 2013 quando foi sancionada mudança na Lei Pelé, limitando a uma reeleição, contudo Vasconcellos foi eleito apenas uma vez desde então, assim estaria apto a reeleição. Isso foi retratado em artigo do Olhar Olímpico.

Ao menos dois profissionais com estreita relação com o ciclismo manifestaram interesse em gerir o ciclismo brasileiro. São eles Fernando Blanco, administrador de empresa e Marlen Ferreira, gestor de Marketing. Vamos aos poucos conhecer cada um e o que pensam para a CBC.

Vamos também abordar o processo eleitoral, na última semana a CBC publicou a convocação para a Assembleia Geral Ordinária e Extraordinária 2020, que tratará de adequar itens regulamentares exigidos pelo COB. As eleições propriamente ocorrem somente em 2021. Assim teremos um bom tempo para conhecer o que pensam os candidatos a gestores do ciclismo brasileiro.

José Luiz Vasconcellos, presidente da CBC

José Luiz Vasconcellos – Presidente da CBC | Divulgação CBC

 

Vasconcellos iniciou no ciclismo em 1979, conquistando dois estaduais pelo paraná em 1982 e 1983. Os resultados levaram a promoção natural para competições nacionais e o convite para uma das duas maiores equipes brasileiras, a Caloi. O “galinho Garnisé” como era conhecido foi tricampeão brasileiro na estrada entre 1986 e 1988. Participou do Pan-Americano de ciclismo em Indianapolis nos EUA onde ficou em 5º lugar, participou dos jogos Olímpicos de Seul encerrando sua participação na seleção em 1992.

De volta a Londrina, em conjunto com os irmãos José Carlos e Magno, abriu a loja Point 700. José Carlos mais tarde passou a ter uma das maiores fábricas de aros e rodas de bicicleta do continente, a Vzan. José Luiz a convite do Sr. Bruno Caloi passou a dirigir a prestigiada equipe Caloi. No ano de 2001 integrou a chapa vencedora da eleição na CBC na condição de vice-presidente com o Bruno Caloi como presidente. Em 2005, o Bruno Caloi foi reeleito, porém pouco tempo depois, debilitado precisou se afastar e assim Vasconcellos assumiu a presidência. Desde então Vasconcellos se reelegeu por três vezes e comandará a CBC até o final de 2020.

Fernando Blanco, administrador de empresas

Fernando Blanco – Administrador de Empresa | Foto: Arquivo Pessoal

Blanco foi ciclista regional em São Paulo de 1977 a 1987. Aos 26 anos de idade foi diretor da Liga Santista. Com mestrado na Escócia e vivência no relacionamento entre o setor público e privado, Fernando é Administrador de carreira. Foi diretor executivo e presidente de empresas do ramo financeiro e securitário como Coface, Banco Real e Ing Bank. Também lecionou em algumas instituições como a FAAP e a FIPE. Atualmente é consultor e tem uma escola de negócios.

Adepto da rede social Facebook, Fernando mantém uma página voltada para o ciclismo de estrada chamada Ciclismo Pro, onde conta histórias e análises do mundo do ciclismo de estrada.

Marlen Ferreira, Gestor de Marketing

Marlen Ferreira | Foto: Divulgação

Marlen começou ajudando uma pequena equipe de amigos, depois uma equipe maior e por fim uma equipe de verdade. Ao longo de 16 anos de carreira, Marlen Ferreira tem uma sólida carreira como gestor de marketing da Sense Bike, sendo um dos responsáveis em tornar a empresa uma das principais players do Brasil em pouco tempo. Com a equipe de fábrica detentora do ranking UCI Continental de MTB participou do desenvolvimento de provas pelo país.

Em comunicado nesta terça feira 18 de feveriro, Marlen informou a imprensa sua vontade em candidatar-se ao cargo de presidente da CBC, sendo o único pré-candidato mais relacionado com o MTB.

Sua opinião é importante, compartilhe!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Next Post

Crianças que praticam esportes têm melhor desempenho físico e mental

Prova de ciclismo infantil gratuita visa conscientizar a importância do esporte. Antigamente, ser criança era sinônimo de muitas brincadeiras que envolviam atividades físicas. Consequentemente era raro se ouvir relatos de problemas de saúde relacionados ao sedentarismo nesta faixa etária. Os tempos mudaram, e hoje a maioria das brincadeiras escolhidas pelos […]

Receba as novidades em seu e-mail

%d blogueiros gostam disto: