Ciclista morre atropelada durante desafio Audax na RJ-116

Luiz Papillon

Tragédia aconteceu em Cachoeiras de Macacu no Rio de Janeiro. A vítima, Maria José Nascimento trafegava com colete refletivo e equipamentos de segurança pelo acostamento quando o motorista do caminhão perdeu a direção permitindo seu veículo cruzar a pista atropelando pela contramão a ciclista. O caminhão caiu em uma ribanceira e o motorista precisou ser hospitalizado. Não há informações ainda sobre o motivo do motorista ter perdido a direção. Após o acidente a organização do Audax Rio retirou todos ciclistas da estrada cancelando o evento.

Zezé Nascimento

 

Nota da organização do desafio Audax Rio:

“Hoje todos nós perdemos nossa querida Maria José Nascimento, a Zezé. Ela foi brutalmente atropelada por um caminhão que atravessou a estrada e a atingiu no acostamento na contra mão, de frente. Isso aconteceu na RJ 116, em Cachoeiras de Macacu durante o Brevet 200k do Audax Rio deste domingo.

No exato momento do acidente a organização paralisou a prova e deu inicio ao processo de recolher todos os ciclistas do percurso. Contamos com o pronto atendimento da Prefeitura de Guapimirim, que mobilizou ônibus e van para recolher os atletas. O Secretário de Esportes Nil Krizek acompanhou pessoalmente todo o processo e não saiu do local até cada um ser recolhido e trazido de volta à cidade com segurança.

A organização prestou e continuará prestando todo o apoio à família nesse processo tão dolorido. Já estamos colaborando com as investigações, inclusive com depoimentos de ciclistas que viram o acidente. Não arredaremos o pé até que cada detalhe seja apurado e que cada um dos culpados seja identificado.

Nós ciclistas disputamos a cada treino, a cada prova, espaço com motoristas nas ruas e avenidas do Brasil. Somos a parte mais frágil nesse processo. Cabe a cada um de nós lutar por mais segurança e mais justiça no trânsito.

Audax Rio hoje perde uma pessoa muito importante da nossa família. Estamos tristes, dilacerados com tanta brutalidade.”

 

O que é o desafio Audax

Com origem na Itália e França o ciclismo de alta distância constitui um grupo de desafios chamados “Brevets” com 200, 300, 400, 600 e 1000km de distância. Modalidade de cicloturismo os eventos do calendário brasileiro são classificatórios para a centenária Paris-Brest-Paris que acontece em agosto na França. Por ser da modalidade cicloturismo os brevets não circulam por estradas fechadas ou com batedores e sim por estradas abertas, assim a organização exige os aparatos obrigatórios do código de trânsito com adição de colete refletivo e acessório para iluminação noturna.

Para saber mais sobre o Audax Randonneurs: http://www.randonneursbrasil.org/regulamento-brm/

 

Sua opinião é importante, compartilhe!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Next Post

A invasão de ciclistas na descida a Santos em São Paulo e o Plano cicloviário paulista

Muita coisa muda em um ano, mas poucas como a relação tempestuosa entre concessionária, ciclistas e polícia militar em 2017 para o que vimos neste final de semana de 2018. Um ano atrás escrevíamos acerca da tentativa de ciclistas em descer a rodovia Imigrantes com destino a Santos no litoral […]

Receba as novidades em seu e-mail

%d blogueiros gostam disto: