Queda Monstruosa no Tour da Polônia

A Etapa 1 da Volta a Polônia 2020 caminhava para um final em sprint, porém na disputa pelo espaço no final levou a uma queda absurda. Dylan Groenewegen da Jumbo Visma espremeu Fabio Jakobsen da Deceuninck Quick Step para as barreiras de proteção causando um acidente enorme.

Informações preliminares dão conta que um juiz de prova foi atingido no acidente tendo recebido procedimentos de ressuscitação pelas equipes de socorro e posteriormente transportado para o hospital. Fabio Jakobsen teria sido colocado em coma induzido e transportado para o hospital em Sosnowiec por helicóptero.

Além destes, os informes relatam:

  • Eduard Prades (Movistar) – Trauma na escápula, transferido para o hospital para exames complementares
  • Marc Sarreau (Groupama) – Sofreu trauma no ombro e lesão nos ligamentos.
  • Damien Touzé (Cofidis) – Consciente foi ao hospital para exames radiológicos.
  • Jasper Philipsen (UAE Team Emirates) – Apenas ralados e contusões.

Fabio Jakobsen luta pela vida

O diretor de prova informou que Jakobsen chegou a recobrar a consciência após o acidente e foi sedado pelos médicos durante o atendimento de primeiros socorros. A médica responsável pela equipe que socorreu Fabio Jakobsen na linha de chegada informou as condições do ciclista.

“Fizemos tudo oque podia ser feito. As condições de trabalho eram muito difíceis, é um trauma craniocerebral muito sério, um palato quebrado, por isso era difícil entubar, mas os tubos laríngeos e o oxigênio estavam conectados o tempo todo. Mantivemos o nível de saturação e atividades de vida. O coração estava funcionando bem, estava mantendo a pressão correta.” disse Dra Barbara Jerschina

Dylan Groenewegen é expulso do Tour da Polônia

Pela ação que causou o acidente na chegada, Dylan Groenewegen foi desqualificado e expulso do Tour da Polônia. Assim a vitória ficou com Fabio Jakobsen (Deceuninck Quick Step), seguido por Marc Sarreau (Groupama) e Kamil Malecki (CCC).

A UCI emitiu comunicado condenando fortemente o comportamento de Dylan Groenewegen na chegada:

“A UCI, que considera esse comportamento inaceitável, enviou imediatamente a questão a Comissão Disciplinar, para solicitar a imposição de sanções proporcionais à gravidade dos fatos. Nossa Federação está de todo coração com os ciclistas afetados.”


Este texto será atualizado com novas informações.

2 thoughts on “Queda Monstruosa no Tour da Polônia

Sua opinião é importante, compartilhe!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Next Post

Mads Pedersen venceu no Tour da Polônia!

Uma chegada em alta velocidade, o medo e o receio de um acidente como o de ontem ficaram em segundo plano. O campeão mundial Mads Pedersen finalizou o trabalho de sua equipe Trek Segafredo vencendo “na foto”. Em segundo lugar ficou o alemão Pascal Ackermann da Bora seguido do italiano […]

Receba as novidades em seu e-mail

%d blogueiros gostam disto: