Froome Épico! Ataca 80km do final no maior ataque solo do século!

Épico, Espetacular, Fantástico, faltam palavras para descrever o que fez Chris Froome hoje no Giro. Froome venceu a etapa e assumiu a maglia rosa. Desde o ataque de Contador sobre Purito em 2012 na Vuelta não se via um ataque de tamanha grandeza no ciclismo profissional. A equipe Sky acelerou o pelote logo no princípio da Colle delle Finestre e antes da metade da subida e 80km do final Froome lançou o ataque. Froome seguiu como uma moto enquanto atrás o pelote se quebrava. Yates ficou para trás logo no princípio dando adeus ao sonho de conquistar o Giro. Dumoulin ficou no grupo com Pinot, Carapaz e Lopez a maior parte da prova. Pozzovivo ficou ainda mais para trás num grupo com Battaglin. Carapaz foi segundo, Pinot em terceiro, Angel Lopez o quarto e Dumoulin o quinto colocado.

Com esse resultado Froome assumiu a camisa rosa com 40 segundos de vantagem sobre Dumoulin e 4’17” sobre Pinot. Amanhã a penúltima etapa do Giro pode coroar o britânico como o terceiro ciclista a vencer as três grandes voltas de modo consecutivo. Froome venceu o Tour de France 2017 e a Vuelta a Espanha 2017.

Venaria Reale a Bardonecchia 181km

Muito esperada a etapa rainha do Giro 2018 foi uma daquelas para entrar para história com um ataque monumental de Chris Froome. Foram quatro subidas categorizadas:

  • Colle del Lys com 13.5km e gradiente médio de 4.2% CAT2
  • Colle delle Finestre, a montanha Coppi desta edição com 18km com média de 9.2% CAT1 (Cima Coppi)
  • Sestriere com 8km e média de 5.9% CAT3
  • Jafferau com 6.5km e 9.3% de média. CAT1

Logo a subida de Lys veio a notícia do abandono de Fabio Aru, uma fuga com 9 ciclistas se posicionou com pequena vantagem mas logo no início do Finestre a fuga explodiu. Ai o trem da Sky aprontou o ataque dos ataques com Puccio, Cruz, Henao, Elissonde e Froome imprimindo um ataque monstruoso que corto o pelote e deixou Yates para trás.

Jogo de equipe, Sky estica o pelote e Froome ataca!

Froome olhou para o lado e deu o comando para seus colegas darem o máximo, Dumoulin se agarrou ao ataque da Sky e o grupo escalava velozmente o Finestre. E veio o inesperado, Froome com 80km para o final atacou SOLO! Faltava ainda metade da mais dura montanha do dia, a Sky continuava esticando o grupo e quebrando a todos. Pozzovivo sobrou e o grupo de Dumoulin ficou com Carapaz, Lopez, Pinot e Reichenbach enquanto Yates perdia minutos preciosos. Froome seguiu como uma moto subida acima e na passagem de meta a prova estava com:

  1. Froome
  2. Grupo Dumoulin +49″
  3. Grupo Pozzovivo +2:07″
  4. Grupo Yates +19:27″

Durante a descida do Finestre o britânico seguiu com seu ataque, descendo atacando todas as curvas e buscando posição aeroinâmica enquanto atrás o grupo de Dumoulin parecia desistir de uma perseguição. Veio a escalada ao Sestriere e Froome seguiu seu ataque enquanto atrás Dumoulin subia na cabeça e Reichenbach implorava para Carapaz e Lopez revezarem mas os colombianos seguiram de roda impassíveis.

No pé de Jaffereau Froome já liderava por 3′ com 27km para o final e era o líder virtual do Giro. Na dura e longa escalada ao Jaffereau Froome seguiu com seu ritmo e atrás o grupo de Dumoulin mostrava dificuldade. Vários ataques de Pinot no grupo se sucederam mas Dumoulin conseguiu reagir e reconectar em todos. Entre os abandonos do dia, além de Fabio Aru, abandonou Vasil Kiryienka da Sky. Não completaram a prova dentro do tempo mínimo:

  • Ben O’Connor – Dimension Data,
  • Mickael Chérel – Ag2r,
  • Louis Vervaeke – Sunweb,
  • Mirco Maestri – Bardiani
  • William Bonnet – Groupama

 

 

Os dez melhores da 19ª Etapa foram:

1  FROOME Christopher Team Sky 05:12:26
2  CARAPAZ Richard Movistar Team 03:00
3  PINOT Thibaut Groupama – FDJ 03:07
4  LOPEZ Miguel Angel Astana Pro Team 03:12
5  DUMOULIN Tom Team Sunweb 03:23
6  REICHENBACH Sebastien Groupama – FDJ 06:13
7  FORMOLO Davide BORA – hansgrohe 08:22
8  OOMEN Sam Team Sunweb 08:23
9  KONRAD Patrick BORA – hansgrohe ,,
10  BILBAO Pello Astana Pro Team ,,

A classificação geral após 19 etapas:

1  FROOME Christopher Team Sky 80:21:59
2  DUMOULIN Tom Team Sunweb 00:40
3  PINOT Thibaut Groupama – FDJ 04:17
4  LOPEZ Miguel Angel Astana Pro Team 04:57
5  CARAPAZ Richard Movistar Team 05:44
6  POZZOVIVO Domenico Bahrain Merida Pro Cycling Team 08:03
7  BILBAO Pello Astana Pro Team 11:08
8  KONRAD Patrick BORA – hansgrohe 12:19
9  BENNETT George Team LottoNL-Jumbo 12:35
10  OOMEN Sam Team Sunweb 14:18

Froome pode fazer história!

Froome assume a camisa rosa pela primeira vez podendo fazer o histórico triplo com Tour-Vuelta-Giro. Froome pode se tornar o sétimo ciclista na história a conquistar as três grandes voltas. Apenas Eddy Merckx venceu quatro grandes voltas consecutivas enquanto Hinault venceu três.

Venceram as três grandes voltas do ciclismo:

  • Jacques Anquetil (5 Tour de France, 2 Giro, 1 Vuelta)
  • Felice Gimondi (1 Tour, 3 Giro, 1 Vuelta)
  • Eddy Merckx (5 Tour, 5 Giro, 1 Vuelta)
  • Bernard Hinault (5 Tour, 3 Giro, 2 Vuelta)
  • Alberto Contador (2 Tour, 2 Giro, 3 Vuelta)
  • Vincenzo Nibali (1 Tour, 2 Giro, 1 Vuelta)

Venceram Grandes Voltas de modo consecutivo:

  • Eddy Merckx Giro 1972, Tour 1972, Vuelta 1973 e Giro 1973 (4 grandes voltas)
  • Bernard Hinault Giro 1982, Tour 1982 e Vuelta 1983

Froome ainda corre risco de ter os resultados da Vuelta cassados devido ao teste adverso de salbutamol, entretanto corre rumor de que poderia ser inocentado do caso tal qual Miguel Indurain em 1994.

 

3 thoughts on “Froome Épico! Ataca 80km do final no maior ataque solo do século!

  1. Irado demais! Tão louco e impensável que eu acreditava no máximo um terceiro lugar na GC pro Froome. To aqui de queixo caído.

Sua opinião é importante, compartilhe!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Next Post

Novo XTR M9100 apresenta o mais versátil grupo de MTB para competidores de XC, Enduro e Maratona

XTR M9100: projetado para atender aos mais altos padrões de exigência dos competidores de mountain bike com um nível de performance e experiência inigualável São Paulo (SP) – Se existe uma certeza nessa vida, é a de que o mundo do MTB continua a quebrar limites. O mountain bike competitivo evolui a […]

Receba as novidades em seu e-mail

%d blogueiros gostam disto: