Pra fazer história Pinot vence e Giro terá o final mais apertado da história!

Amigo do pelote, hoje o Giro 2017 teve sua ultima etapa de montanha, agora apenas o contra relógio individual de amanhã para definir o maglia rosa, e nada esta definido nessa disputa, do primeiro ao quinto colocado TUDO pode acontecer!  Thibault Pinot venceu com Zakarin em segundo e Nibali em terceiro, com isso a vantagem de Quintana ficou em  39 segundos para Nibali e 43 para Pinot com Dumoulin 53 segundos atrás! É a primeira vez na história do Giro que quatro pilotos chegam à ultima etapa separados por menos de um minuto!

A etapa de hoje subiu o mítico Monte Grappa no norte da Itália quase divisa com Áustria e Eslovênia. Um local que conheceu muitas batalhas desde a época da unificação italiana até a segunda guerra mundial, tendo no topo da montanha um monumento pelos 23.000 soldados italianos e austro-húngaros que perderam sua vida ali.

Antes do início da etapa ainda rescaldos das declarações de Dumoulin na etapa 19 rendiam manchete, o “mimimi” de Nibali parece não ter fim e o siciliano disparou dizendo que nem Pantani usaria aquelas palavras para com os adversários, outra notícia foi o abandono de Kruijswijk da Lotto Jumbo por problemas estomacais.

A largada na bela Pordenone, uma subida de quarta categoria com 37km e a longa subida ao Monte Grappa de primeira categoria no meio da etapa, depois uma longa descida e uma subida de primeira categoria bastante inclinada para Foza, só então um trecho montanhoso de 15km com mais descida que subida para Asiago.

O grupo líder manteve-se coeso até a metade da subida para Foza, quando começaram os ataques, primeiro Zakarin e Pozzovivo atacaram e assumiram a ponta da prova, após uma indecisão quem partiu foi Pinot e levou consigo Nibali e Quintana enquanto Dumoulin ficava um pouco atrás, estava a chave da vitória ali, porém o trio não conseguia abrir muito de Dumoulin, chegando no topo já embolados com Zakarin e Pozzovivo, ai sim formaram um revezamento e começaram os 15km finais, atrás alguma ação de Yates, Mollema e Jungels para ajudar Dumoulin especialmente no trecho final da subida o deixaram apenas sete segundos atrás do grupo lider, na ponta o primeiro ao ataque na chegada foi Pozzovivo que foi engolido por Pinot que venceu a etapa com Zakarin em segundo e Nibali em terceiro. No final Dumoulin tomou um total de quinze segundos para Pinot que venceu a etapa além do bônus, assim perdendo momentaneamente a posição no pódio.

E assim ficaram os dez primeiros da 20ª Etapa do Giro:

1 Thibaut Pinot (Fra) FDJ 4:57:58
2 Ilnur Zakarin (Rus) Katusha-Alpecin
3 Vincenzo Nibali (Ita) Bahrain-Merida
4 Domenico Pozzovivo (Ita) AG2R La Mondiale
5 Nairo Quintana (Col) Movistar Team
6 Bob Jungels (Lux) Quick-Step Floors 0:00:15
7 Adam Yates (GBr) Orica-Scott
8 Sébastien Reichenbach (Swi) FDJ
9 Bauke Mollema (Ned) Trek-Segafredo
10 Tom Dumoulin (Ned) Team Sunweb

A classificação geral agora tem:

1 Nairo Quintana (Col) Movistar Team 90:00:38
2 Vincenzo Nibali (Ita) Bahrain-Merida 0:00:39
3 Thibaut Pinot (Fra) FDJ 0:00:43
4 Tom Dumoulin (Ned) Team Sunweb 0:00:53
5 Ilnur Zakarin (Rus) Katusha-Alpecin 0:01:15
6 Domenico Pozzovivo (Ita) AG2R La Mondiale 0:01:30
7 Bauke Mollema (Ned) Trek-Segafredo 0:03:03
8 Adam Yates (GBr) Orica-Scott 0:06:50
9 Bob Jungels (Lux) Quick-Step Floors 0:07:18
10 Davide Formolo (Ita) Cannondale-Drapac 0:12:55

Deixe uma resposta