Demare Fantástico! Que final da Milão San Remo!

A primeira Monumento da temporada 2016 aconteceu hoje na Itália.

sanremo2

Manhã aprazível com clima de primavera em Castello Sforzesco no coração de Milão, partiu o pelotão para encarar os quase 300km da monumento que é disputada desde 1907 (com exceção a 3 anos de guerra), passando pelas planícies da Lombardia e Piemonte com cidades como Pavia, Tortone e Nova Liguri, adentrando na Liguria em direção a Riviera, com 50km um grupo de 11 ciclistas abrira 10′ de vantagem para o pelotão, fazendo com que  a Orica e a Tinkoff se revezassem para fechar a diferença.

sanremo1

Chegando na costa do Mar da Ligúria a prova teve de sofrer um desvio devido a um deslizamento, os organizadores foram rápidos em mudar a rota para uma autoestrada por 9km, a fuga chegou no Passo del Turchino km140 com 5′ de vantagem, mas ai com estrada limpa e plana a diferença foi caindo até a entrada da Riviera onde o pelote resolveu cozinhar a fuga.

sanremo3

Chegando nos “Capi” (colinas) o pelotão começou a apertar, houve algumas quedas e chegando a Cipressa a fuga foi finalmente alcançada por um pelote ensandecido, na descida de Cipressa mais quedas e tentativas de fuga e ficou tudo para o Sprint, mas não sem emoção na chegada em Poggio di San Remo!

Dentro dos 300m para o final Fernando Gaviria tocou roda e foi pro chão, tirando a linha de Peter Sagan que desviou mas perdeu o bonde, o pelote seguiu acelerando com Bouhanni (Cofidis), Ben Swift (SKY), Demare (FDJ) e Roelandts (Lotto Soudal) e Demare, francês de 24 anos, campeão nacional de 2014 escreveu seu nome na história ao vencer o sprint!

demare

10 primeiros colocados:

Nome Equipe TEMPO
1 DEMARE Arnaud FDJ 6.54’45”
2 SWIFT Ben TEAM SKY st
3 ROELANDTS Jurgen LOTTO SOUDAL st
4 BOUHANNI Nacer COFIDIS st
5 VAN AVERMAET Greg BMC RACING TEAM st
6 KRISTOFF Alexander TEAM KATUSHA st
7 HAUSSLER Heinrich IAM CYCLING st
8 POZZATO Filippo SOUTHEAST – VENEZUELA st
9 COLBRELLI Sonny BARDIANI CSF st
10 TRENTIN Matteo ETIXX – QUICK-STEP st

Confira o final: