Memorial Santos Fupes apresenta equipe 2019

Uma das mais antigas equipes de ciclismo feminino do mundo entra em sua vigésima temporada. Com o ambicioso projeto de levar o maior número de ciclistas para jogos olímpicos e paralímpicos de Tóquio. A Memorial Santos Fupes mostrou as novidades para o público paulistano na Clinica Move na região do Ibirapuera. Na elite masculina e paraciclismo a equipe teve o retorno do campeão mundial de ciclismo de pista no scratch Lauro Chaman. Ainda no masculino, o projeto é voltado a formar uma nova geração de vencedores com apostas do sub23 da região de Santos. No paraciclismo Márcia Fanhani sexta colocada no mundial 2018 na modalidade tandem também foi confirmada.

“Em 2018 passamos três meses na Bélgica. Com pouco apoio e pouco dinheiro tivemos que economizar muito para conseguir participar das competições. Neste ano a meta é aumentar a participação internacional, tanto em provas na Europa como aqui nas Américas.” Enfatizou o diretor técnico da equipe Claudio Diegues.

O selo de equipe UCI feminina ainda não é oficial mas iminente, restam alguns entraves burocráticos. Para estes entraves a Confederação Brasileira de Ciclismo esta dando apoio. O objetivo da equipe será disputar provas UCI para garantir mais vagas para o Brasil nas disputas mundiais, copa do mundo de ciclismo e paraciclismo. Se valer ponto UCI a Memorial estará atrás dessa pontuação. A equipe feminina teve o como novidades a tricampeã argentina de contra relógio Estefánia Pilz, a experiente velocista Cristiane Silva, a paraciclista Marcia Fanhani e Victoria Remaili que competiu no Triatlo para ciclismo de estrada, já disputou algumas provas pela Memorial em 2018 e agora correrá a temporada toda.

  • Ana Paula Casseta  – Campeã Brasileira de Contra Relógio sub23 2017
  • Ana Paula Polegatch – Campeã Brasileira de Contra Relógio – 2014/2017
  • Camila Coelho
  • Cristiane Silva
  • Estefánia Pilz – Campeã Argentina Contra Relógio 2011, 2016, 2018
  • Marcia Fanhani – 6ª Colocada mundial de paraciclismo, Campeã Brasileira paraciclismo tandem 2018.
  • Marcela Sodré
  • Taise Benato
  • Thayná Araújo – Campeã Brasileira Sub23 2017
  • Victoria Remaili
Equipe Feminina – Memorial Santos Fupes

A equipe utilizará uniformes Mauro Ribeiro, grife especializada em ciclismo do único brasileiro a vencer uma etapa do Tour de France, capacetes e sapatilhas Bontrager. Ainda sem um fornecedor oficial de bicicletas cada ciclista utiliza bicicleta própria ou fornecida por apoiadores como é o caso de Victoria Remaili que tem o apoio da Trek.

Equipe Masculina tem campeão mundial Lauro Chaman como estrela

Chaman de 31 anos correu duas temporadas pela equipe Funvic de São José dos Campos curtindo o sonho de correr fora do país por uma equipe profissional continental. Com o fim da licença da equipe regressou para Santos com medalhas em mundiais além da camisa de campeão mundial. A ele soma-se a experiência de Luiz Carlos Amorin o “Luizão” com 41 anos e Joel Prado Júnior o Maritaca de 26 anos. Chaman recentemente disputou a Vuelta a San Juan pela seleção brasileira ampliando sua experiência internacional.

Equipe Masculina- Memorial Santos Fupes

 

  • Lauro Chaman – Campeão Brasileiro Contra Relógio, Campeão Mundial de Pista no Scratch C1 2018
  • Luiz Carlos Amorin – Campeão Brasileiro Contra Relógio 2003, 2004, 2010, 2012, 2013.
  • Joel Prado Júnior – Campeão Clássica 9 de Julho 2015, 2016.
  • João Vitor da Silva – Sub23 Medalha de Bronze no Panamericano de Pista em 2018.

O restante da equipe é preenchido de jovens do Sub23 a maioria da região de Santos no litoral paulista. A equipe utilizará vestuário da marca Penks, capacetes e acessórios Kode. Também sem apoio de marca de bicicletas, cada ciclista utiliza equipamento próprio ou fornecido por apoiadores pessoais.

Planejamento 2019 – Pontuar e aumentar experiência na Europa

O diretor da equipe Cláudio Diegues frisou a campanha belga  de 2018 como exemplo e nesta temporada o objetivo será levar dez ciclistas para Europa sendo seis no feminino e quatro no masculino. Nomes certos devem ser Polegatch e Chaman, porém o planejamento incluirá também competições continentais (Américas) para dar rodagem aos mais jovens, para esses o objetivo é Paris 2024. Enquanto em 2018 a equipe recorreu a vaquinhas virtuais, para 2019 a estratégia é outra. Uma espécie de programa sócio-torcedor será lançado para angariar fundos para estadia da equipe. Os apoiadores poderão ter apoio e pedalar com a equipe em eventos não oficiais como a Driver Series. Uma loja online para venda de uniformes também esta nos planos da equipe como método para impulsionar o financiamento.

A equipe Memorial Santos Fupes tem patrocínio da Memorial Necrópole Ecumênica, da Prefeitura de Santos via Fupes (Fundação Pró-Esportes), co-patrocínio da Espaço Laser Depilação e Universidade Santa Cecília (Unisanta). Apoio da Clinica Move, Penks Vestuário, Kode, Mauro Ribeiro Sportes e Clínica Ortocenter.

Controle da alimentação e fisiologia são fundamentais

Diegues ressaltou a parceria com a Clinica Move no fundamental papel de assessorar os atletas. Absolutamente nada do que é ingerido pelos atletas da equipe escapa do crivo da equipe das médicas Fernanda Rodrigues Lima, Ana Lucia de Sá Pinto e Beatriz Perondi. O alto padrão de controle mantem os atletas seguros da qualidade e segurança de alimentos, suplementos e medicamentos consumidos em acordo com os padrões da WADA (Associação mundial anti-doping).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.