Volta aos Flandres 2021 a Ronde van Vlaanderen

Luiz Papillon 1

Neste domingo de Páscoa acontece a segunda prova monumento do ciclismo de 2021, a 105ª edição da Ronde Van Vlaanderen ou em português Volta aos Flandres. Realizada desde 1913, a clássica que atravessa a região flamenga dos Flandres Belgas. Sem transmissão para o Brasil a prova só poderá ser vista em meios alternativos (extraoficiais).

Philippe Gilbert vence a Ronde van Vlaanderen 2017 | Foto Tim De Waele, divulgação Flanders Classics
Philippe Gilbert vence a Ronde van Vlaanderen 2017 | Foto Tim De Waele, divulgação Flanders Classics

História da Ronde Van Vlaanderen

A primeira edição da Ronde contou com apenas 37 ciclistas em sua largada, em disputa que aconteceu entre Ghent e Mariakerke por 324km. Assim como as principais provas de ciclismo como Tour de France e o Giro d’Italia, a Ronde teve como partida a promoção de um jornal, o De Sportwereld. Paul Deman venceu a primeira Ronde após 12h de prova em estradas de paralelepípedos para carroças e bicicleta de pinhão fixo, claro sem marchas.

Ao fim da II Guerra Mundial, a prova começou a ter seu perfil modificado e as subidas das serras Ardenas começaram a entrar no trajeto como o tradicional Kwaremont. Atualmente a prova parte de Antuerpia percorrendo 263.7km até Oudenaarde, tendo seus momentos decisivos na duras e íngremes subidas ardenas.

Ronde van Vlaanderen, foto com bandeiras amarelas e pretas na chegada | Foto Divulgação
Ronde van Vlaanderen | Foto Divulgação

A prova é de tamanha dificuldade que vendo a lista de maiores vencedores encontramos apenas cinco ciclistas com três vitórias cada:

  • Achiel Bysse
  • Fiorenzo Magni
  • Eric Leman
  • Johan Museeuw
  • Tom Boonen
  • Fabian Cancellara

Até para o maior ciclista de todos os tempos é difícil vencer a Ronde, o belga Eddy Merckx venceu a prova apenas duas vezes. Os belgas claro são os maiores vencedores da Ronde com 69 vitórias, enquanto holandeses e italianos possuem 11 cada. O mais jovem a vencer na Ronde foi Rik Van Steenbergen (1944) com 19 anos e 205 dias de idade, enquanto o mais velho foi Andrei Tchmil (2000) aos 37 anos e 72 dias.

Entre os ciclistas em atividade, venceram a Ronde, o belga Philippe Gilbert (2017) o norueguês Alexander Kristoff (2015), o eslovaco Peter Sagan (2016), o italiano Alberto Bettiol (2019) e os holandeses Niki Terpstra (2018) e Mathieu Van der Poel (2020).

Ronde van Vlaanderen 2021

A 105ª Ronde van Vlaanderen parte de Antuerpia percorrendo 263.7km até Oudenaarde. Ao todo, 247 ciclistas largarão por 25 equipes para encarar um clima moderado de até 12º e quase sem vento, em acordo com a previsão do tempo. O trajeto tem quase 80km planos com alguma sessões de paralelepípedos até o Kattenberg que é a primeira das dezenove subidas, os “bergs” (montanha em português).

Algumas dessas subidas são pontos chave para ataques, geralmente grupos se descolam do pelote em ataques nem sempre sincronizados. Ano passado a prova começou a ser decidida a 55km do final quando o grupo líder passou pela dupla de subidas Oude Kwaremont e Paterberg e ali três ciclistas se descolaram: Julian Alaphilippe, Wout van Aert e Mathieu Van der Poel. O trio seguiu escapado até Alaphlippe cair ao bater em uma moto da organização e ao final Van der Poel venceu.

No final a dupla de subida aparece novamente no trajeto, foi no Oude Kwaremont que Alberto Bettiol lançou seu ataque decisivo em 2019. O último ponto de ataque é onde Fabian Cancellara atacou em 2013 e Peter Sagan em 2016, o Paterberg a 16,7km do final e com inclinação máxima de até 20.3%.

Favoritos a vitória na Ronde van Vlaanderen 2021

Ao analisar os inscritos para a Ronde 2021, sem dúvida os três ciclistas sensação de 2020 seguem no topo da cadeia, Wout van Aert, Mathieu Van der Poee Julian Alaphilippe. Acredito inclusive nessa ordem de grandeza, para mim o maior favorito é o belga Wout van Aert, ano passado ele bateu na trave. Já Van der Poel disputou a prova duas vezes, uma ganhou e na outra foi quarto. Alaphlippe disputará a prova pela segunda vez, ano passado teve o infeliz acidente com a moto da organização.

Chegada Ronde van Vlaanderen 2020 – Captura TV

Entre os demais favoritos é preciso destacar Alexander Kristoff, o norueguês vem de dois terceiros lugares seguidos e em nove participações obteve sete Top10 e sua pior colocação foi 16º. Greg Van Avermaet, atual campeão olímpico não vem em grande temporada mas é uma aposta séria para o Top10.  Peter Sagan recuperado da Covid-19 foi quarto colocado na Milano-Sanremo e conseguiu uma vitória em etapa da Volta a Catalunha e pode surpreender com um ataque dentro dos quilômetros finais ou mesmo no sprint.

Por fim vale destacar a capacidade de duas equipes em vencer a Ronde, tanto a Lotto que tem diversas vitórias no começo do século como a Deceuninck Quick Step com as três vitórias de Boonen, as duas de Stijin Devolder, além das vitória de Philippe Gilbert e Niki Terpstra.

One thought on “Volta aos Flandres 2021 a Ronde van Vlaanderen

Sua opinião é importante, compartilhe!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Next Post

Ronde Van Vlaanderen edição feminina

Neste domingo de Páscoa, além da monumento do ciclismo masculino a Ronde Van Vlaanderen ou Volta aos Flandres, terá também a edição Woman’s WorldTour, categoria mais alta do ciclismo feminino mundial.   Ataque atrás de ataque entre as mulheres na Ronde Ao todo 236 ciclistas de 24 equipes largarão em […]
Chantal Blaak vence Ronde Van Vlaanderen feminina em 2020 | Foto Flanders Classics

Receba as novidades em seu e-mail

%d blogueiros gostam disto: