Jay McCarthy vence primeira clássica da temporada!

Luiz Papillon

O australiano Jay McCarthy da Bora bateu Elia Viviani da Quick Step no sprint vencendo a primeira clássica da temporada 2018, Daryl Impey que venceu o Tour Down Under ficou em terceiro. Com um grupo de elite que abriu do pelote na última volta na brutal subida a Challambra, foi ataque sobre ataque incluindo um solo de Esteban Chaves que foi alcançado dentro do quilômetro final, vieram para o sprint com McCarthy partindo antes mas colocando grande potência a ponto de não ser alcançado por Viviani que estava em sua roda.

Após a abertura do calendário do Circuito Mundial de ciclismo na Austrália, a primeira prova clássica do circuito mundial aconteceu neste domingo em Geolong na região de Melbourne. O circuito mundial é composto por 20 provas clássicas obrigatórias as equipes do Circuito Mundial (WorldTour), as cinco mais famosas são conhecidas por monumentos do ciclismo e temos outras provas tradicionais e algumas mais recentes como  a prova londrina Prudential Ride London, a Strade Bianche  e a Cadel Evans Great Ocean, estrategicamente distribuídas ao longo do calendário.

Levando o nome do ídolo australiano Cadel Evans, vencedor de duas copas do mundo de mountain bike, Evans tornou-se profissional no ciclismo de estrada em 2001, foi duas vezes vice campeão do Tour de France em 2007 e 2008, terminou em primeiro lugar no ranking UCI de 2007 e venceu o mundial de ciclismo de 2009, o que faltava? Em 2011 Cadel venceu o Tour de France correndo pela BMC onde se aposentou em 2015.

A prova com 164km passando três vezes por um circuito de 16.8km com uma subida de terceira categoria tem toda característica de uma clássica belga, a exceção claro pelo clima e paisagem paradisíacas da baia de Port Phillip. Entre os favoritos estavam muitos dos que competiram no Santos Tour Down Under, entre eles Richie Porte e Simon Gerrans pela BMC, Elia Viviani na Quick Step, Sam Bennett na Bora e Esteban Chaves na Mitchelton.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Next Post

Nizzolo vence ultima etapa, Gonzalo Najas é campeão da Vuelta a San Juan

Chegou ao final a 36ª Vuelta a San Juan, a sétima etapa com 9 voltas num circuito em San Juan totalizando 141.3km, teve fuga com o brasileiro Rodrigo Nascimento “um búfalo” como o narrador argentino citou, no final a prova foi para o sprint e num sprint muito intenso Giacomo […]

leia também

Receba as novidades em seu e-mail