Alaphilippe vence Valverde na Fleche Wallone

Após neutralizar um ataque de Nibali nos quilômetros finais, a escalada do Mur de Huy foi decisiva na chegada da Fleche Wallonne. O francês Julian Alaphilippe da Quick Step venceu com Valverde em segundo e Vanendert da Lotto em terceiro.

A 82ª edição da Felche Wallonne começou com uma fuga imediata, um grupo com oito ciclistas partiu tendo Cesare Benedetti da Bora o mais forte entre eles. A fuga nunca teve mais de quatro minutos de vantagem. A 47km do final a fuga estava dentro da casa de um minuto de vantagem para o pelote.

Fleche Wallonne 2018, todos contra o Bala!

Um movimento com Enric Mas da Quick Step, Michael Gogl da Trek e Vincenzo Nibali da Bahrein colocou fogo na prova ao alcançar a fuga. Atrás a Movistar ficou encarregada de conduzir o pelote e em certo momento parecia estar num contra relógio por equipes. Kwiatkowski sinalizava muito reclamando da moto que filmava a ponta do grupo de Valverde que estava permitindo o vácuo. Na ponta o grupo líder foi sendo selecionado e a 20km do final tinha:

  • Vincenzo Nibali – Bahrain,
  • Maxmillian Schachmann -Quick Step
  • Cesare Benedetti – Bora
  • Jack Haig – Mitchelton
  • Tanel Kangert – Astana
  • Anthony Roux – Groupama

O grupo líder seguiu trabalhando e aumentando vantagem, a 17km estava com 53 segundos de vantagem. No segundo grupo, Mikel Landa da Movistar ficou por muito tempo na frente sem diminuir a vantagem para os líderes. A Sky então assumiu a ponta e passou a revezar com a Lotto e Dimension Data, a diferença caiu lentamente para 30″ na marca dos 10km para o final. Nos 3km finais a dupla Schachmann-Haig abriu um pouco de Nibali que seguiu com Kangert com a vantagem para o grupo grande caindo para 20 segundos.

Assim que começaram o Huy, Nibali foi alcançado e o pelote começou a escalar com a Lotto na frente do pelote enquanto Schachmann seguia na ponta. Alaphilippe assumiu a ponta nos metros finais com Valverde em sua roda, seu ataque foi decisivo e o francês venceu quebrando a sequência de vitórias de Valverde que ficou com o segundo lugar.

Os dez primeiros colocados foram:

Julian Alaphilippe declarou em entrevista:

“É a terceira vez que participo. E é a terceira vez no pódio, desta vez como vencedor. Eu pensava o tempo todo que eu conseguiria, eu realmente trabalhei duro para vencer assim. Eu não podia ouvir o rádio muito bem, então eu não sabia o que acontecia na ponta. Eu achava que Nibali estava ali! Eu gostaria de agradecer aos meus companheiros de equipe pela ajuda. A corrida foi muito dura pela manhã, dura para as pernas e eu gosto desse tipo de percurso mais duro. Foi um final duro e eu realmente estou feliz”

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.