Pogacar é tricampeão do Giro de Lombardia

Luiz Papillon

Considerada a mais dura corrida de um dia do ano, o Giro da Lombardia tem dono! O canibal esloveno Tadej Pogacar venceu pela terceira vez consecutiva e daquele jeito, atacou na última subida, abriu na descida e ninguém mais chegou perto.

Tadej Pogacar vence o Giro da Lombardia 2023 | Captura TV
Tadej Pogacar vence o Giro da Lombardia 2023 | Captura TV

Atrás, Andrea Bagioli foi segundo batendo no sprint Primoz Roglic, que se despede da Jumbo Visma com o pódio .

Giro da Lombardia 2023 – A Clássica de Outono

Com uma verdadeira constelação de favoritos, passando por Primoz Roglic, Tadej Pogacar e Remco Evenepoel o Giro da Lombardia teve sua 117ª edição. Conheça um pouco da história dessa monumento abaixo:

Giro de Lombardia acontece neste sábado!

Tida como uma das mais difíceis provas da temporada, neste ano a prova largou de Como com destino a Bérgamo. Antes da largada a organização homenageou Thibaut Pinot que deixou o ciclismo hoje. Logo no começo da prova um grupo escapou e logo depois Remco Evenepoel caiu. O campeão belga logo se levantou e alcançou o pelote onde recebeu cuidados médicos e continuou na prova.

Remco Evenepoel cai no Giro da Lombardia | Foto Getty
Remco Evenepoel cai no Giro da Lombardia | Foto Getty

Outro favorito com problemas foi Enric Mas, o espanhol da Movistar mostrava sinais de problemas físicos já na primeira subida do dia, a Madonna di Ghisallo. Mais tarde Enric Mas desistiu e subiu no carro da equipe. Na marca de 63km para o final nova queda teve Esteban Chaves, Jakob Flugsang, Carpaz e Mikel Landa. O ciclista basco Mikel Landa levou mais tempo para voltar a bicicleta e nitidamente com dores no lado direito do quadril, continuou a pedalar.

Fim da fuga, favoritos assumem e Pogacar poderia fazer história!

Na descida após Zambla Alta, o irlandês Ben Healy e o italiano Marcellusi conseguiram escapar e seguiram com certa vantagem para o pelote. Isso continuou até que a 37km o grupo de favoritos alcançou a dupla no Passo di Ganda. Nesse momento Evenepoel lutava para continuar a seguir os favoritos que já lideravam a prova:

  • Tadej Pogacar – UAE
  • Adam Yates – UAE
  • Aleksandr Vlasov – Bora
  • Ben Healy – EF
  • Primoz Roglic – Jumbo
  • Andrea Bagioli – Soudal Quick-Step
  • Simon Yates – Jayco Allula

Evenepoel sofria para conseguir ficar próximo ao grupo e logo ficou com Alaphilippe vinte segundos atrás. No grupo da ponta Antonio Tiberi, Michael Woods, Carlos Rodriguez e Carapaz logo se juntaram. Ao todo doze ciclistas praticamente todos favoritos.

Tadej Pogacar buscava colocar seu nome na história, em 117 anos do Giro da Lombardia, apenas Alfredo Binda e Fausto Coppi venceram a clássica três vezes consecutivas (Coppi venceu quatro consecutivas e é o recordista absoluto com cinco vitórias). Os ataques foram se sucedendo especialmente próximo ao final do Passo di Ganda, especialmente com Pogacar e Vlasov.

Tadej Pogacar ataca para vencer

O canibal esloveno atacou uma, duas, três vezes até largar o russo Aleksandr Vlasov e seguir solo. Durante a descida após o Passo di Ganda, Pogacar abriu 25 segundos e deixou a difícil tarefa de perseguição para o seleto grupo que tinha:

  • Richard Carapaz – EF
  • Primoz Roglic – Jumbo Visma
  • Simon Yates – Jayco AlUla
  • Carlos Rodriguez – Ineos
  • Andrea Bagioli – Soudal Quick-Step
  • Adam Yates – UAE

Um pouco atrás outro grupo perseguia com Woods, Tiberi, Masnada e Chris Harper. Pogacar então colocava a mão em sua perna indicando possivelmente câimbras. O esloveno conseguiu seguir para ser o terceiro ciclista na história a vencer o Giro de Lombardia solo desde Binda em 1926. Atrás, Andrea Bagioli foi segundo batendo no sprint Primoz Roglic, que se despede da Jumbo Visma com o pódio .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Next Post

Mohoric vence mundial de Gravel

O esloveno Matej Mohoric venceu o mundial de gravel 2023, entre as mulheres a vitória foi da polonesa Kasia Niewiadoma.  Florian Vermeersch foi o segundo e Connor Swift o terceiro. Em quarto lugar o veterano Alejandro Valverde mostrou que ainda é o Balaverde. Mundial Gravel 2023 – Veneto A segunda […]

Receba as novidades em seu e-mail