Bardet vence de forma brilhante a quinta etapa da Dauphiné!

Luiz Papillon

barde
Hoje as coisas pegaram fogo no CdD com o excelente desempenho da promessa francesa Romain Bardet. O rapaz, que conhecia as estradas locais, botou a Ag2r para trabalhar na penúltima subida do dia e lançou um ataque alucinante na descida. Em um determinado momento, o jovem quase comprou um lote, mas manteve a frieza e seguiu em frente – se não manteve, a cor do uniforme da Ag2r disfarçou bem.
A Sky até tentou buscar o menino ladeira acima, mas não teve forças para isso. Como de costume, o time inglês botou um passo absurdo e acabou com o bloco, fazendo muitos atletas baterem lata, inclusive Vincenzo Nibali.
Faltando 1,5km para o topo, Froome lançou um lindo ataque (no sentido figurado, o cara pedala feio pra chuchu). Depois da aceleração, Tejay Van Garderen foi atrás do Queniano Albino, trazendo Benat Intxausti em sua roda. Quase no final, o atleta da BMC apertou o passo e passou Froome, conquistando o segundo lugar e a camisa amarela.
Agora a disputa está bastante acirrada. 1º – Van Garderen 18:03:22, 2º – Benat Intxausti 00:17. 3º – Bardet 00:20, 4º – Scarponi 00:31 e 5º – Froome 00:41.

Sua opinião é importante, compartilhe!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Next Post

Costa vence a etapa 6 do CdD. Niba, com muita agressividade, é o novo homem de amarelo.

Hoje, no Critérium du Dalphiné, Niba tava com mais fome do que o Tubarão do Spielberg. O cara lançou uma fuga alucinante a mais de 100km da chegada e só Tony Martin, Gallopin, Valverde e Costa vieram junto. Enquanto Sky, BMC e Ag2r tentavam correr atrás do preju, o grupo […]

Receba as novidades em seu e-mail

%d blogueiros gostam disto: