A correria pelas rodas Princeton de Van der Poel

Em uma disputa como o Tour de France cada segundo conta. E pensando nisso a equipe de Mathieu Van der Poel fez um “corre” em busca de rodas mais rápidas para o holandês tentar manter a camisa amarela na etapa de contra relógio individual.

Van der Poel parte para reconhecimento na etapa 5 do Tour de France 2021 | Foto Kalas Wear

Conflito entre patrocinadores e viagem de 10h pela França

Equipada e patrocinada pela gigante japonesa Shimano, a equipe Alpecin Fenix usualmente utiliza rodas Dura-Ace, contudo quando a régua da competição sobe é preciso buscar melhores recursos. Após algumas ligações, o chefe da equipe Alpecin, Christoph Roodhooft conseguiu autorização da patrocinadora japonesa para utilizar um equipamento específico. Começou então a busca pelas rodas para Van der Poel. Para a roda dianteira, foi escolhida a AeroCoach Aeox Titan, uma roda relativamente “barata” ( cerca de R$4800) para os padrões WorldTour.

Roda dianteira na bicicleta de Van der Poel, AeroCoach Aeox Titan | Foto Daan van den Berg

Sabidamente uma das rodas mais rápidas utilizadas no WorldTour são as Princeton CarbonWorks fabricadas nos EUA, utilizadas pela Ineos Grenadiers. O único problema é que seria pouco provável que a equipe inglesa emprestasse um par de rodas, e esse é só o começo dessa saga.

“Christoph me ligou pela manhã procurando um par de Princeton Wake/Blur 6560. A solução mais simples seria pedir emprestado para a Ineos, mas não seria fácil cederem a um competidor rival. O jeito foi sair ligando e encontrei um par de rodas novas com Cameron Wurf em Andorra.” disse Meindert Klem, representante da Princeton.

Roda Traseira na bicicleta de Van der Poel, Blur 633 | Foto Daan van den Berg

Encontrada a roda, começou o “corre”, mais alguns telefonemas e o holandês Mark Putter (dono da Les Deux Vélos nos Pirineus) encontrou com Cameron Wurf na fronteira da França com Andorra para pegar as rodas com Wurf. E o compatriota de Van der Poel viajou 10h de carro cruzando a França para então chegar em Rennes no hotel onde estava a equipe Alpecin.

“Ano passado tentamos um acordo para que a Alpecin utilizasse as rodas Princeton, as mais rápidas do mundo, mas acabamos não fechando. Por causa do que aconteceu domingo com Van der Poel assumindo a liderança, a oportunidade se faz a tona. Agora é torcer para que ele tenha boas pernas, afinal com rodas aerodinâmicas você pode economizar alguns watts, mas sem pernas elas param também.” completou o agora feliz representante das rodas Princeton, Meindert Klem

As rodas Princeton Wake 6560

As rodas Princeton 6560 lembram em muito o design das rodas Zipp NSW, mas inspiração a parte a fabricante nova-iorquina tem seu desenvolvimento por meio de estudos em túnel de vento e parte do investimento mantido pela Ineos Grenadiers. A ondulação projetada no interior do aro tem um formato sinusoidal , que na prática confere uma variação da altura do aro entre 60 e 65mm. Os cubos são feitos em titânio podendo ser utilizados os modelos das renomadas White Industries ou Tune.

Com peso de 1.540g, as Princeton 6560 podem ser utilizadas além da especialidade do contrarrelógio. A grande diferença é percebida ao pedalar por longos períodos, como são provas WorldTour ou mesmo de Triatlo, o esforço necessário para manter as rodas em movimento é menor que a concorrência de forma perceptível ao ciclista.

Os raios utilizados na Princeton 6560 são os conhecidos Sapin CX-Ray. As rodas são fabricadas e montadas artesanalmente, alinhadas, balanceadas e fornecidas já com pneus, câmeras ou válvulas (para escolha sem câmera). A roda traseira exclusiva para contrarrelógio é o modelo Blur, totalmente fechada.

Roda Princeton Blur | Foto Princeton Carbonworks

Em 2020, foram disponibilizados apenas 25 jogos de rodas para venda ao público. O preço das rodas é de R$19.000 (ao cambio de hoje) sem frete ou impostos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Next Post

Van der Poel mantém camisa amarela em contrarrelógio! Pogacar vence e se aproxima da liderança!

Um contrarrelógio de 27km com muita emoção, chuva e disputa. Assim foi a etapa 5 do Tour de France 2021. A vitória da etapa ficou com Tadej Pogacar, o esloveno campeão do Tour de France 2020. O segundo lugar ficou com o suíço Stefan Kung e o terceiro lugar com  […]
Mathieu Van der Poel | Foto A.S.O.

leia também

Receba as novidades em seu e-mail