Bernal vence em dia de acidente terrível no Giro

Luiz Papillon

Em um final espetacular, o colombiano Egan Bernal atacou na subida a Campo Felice, alcançou a fuga e no trecho de terra batida onde assumiu a liderança para não mais perder. Um ataque matador! O italiano Giulio Ciccone ficou em segundo lugar pela Trek com op russo Aleksandr Vlasov da Astana completando o pódio.

Com o resultado, Egan Bernal da Ineos Grenadiers é o novo maglia rosa do Giro 2021 com 15 segundos de vantagem sobre Remco Evenepoel e 21 sobre Aleksandr Vlasov.

Egan Bernal vence no Giro 2021 | Pelote Ciclismo
Egan Bernal vence no Giro 2021 | Captura TV

Giro 2021 – Etapa 9 – Castel di Sangro a Campo Felice – 158km

Com chegada na estação de esqui de Rocca di Cambio em Campo Felice, a etapa 9 do Giro prometeu e cumpriu a previsão de disputa pela classificação geral. Antes da largada, mais uma desistência pela Lotto Soudal, o polonês Tomasz Marcynski desistiu por ainda sentir sintomas da covid-19.

Após uma sequência de ataque durante a subida para Passo Godi, o grupo líder passou a ter Gino Mader, Geoffrey Bouchard, Kobe Goosens, Francesco Gavazzi e Vincenzo Albanese.

Queda assustadora de Matej Mohoric

Durante a descida, o esloveno Matej Mohoric acertou um buraco que desestabilizou sua bicicleta, na sequência o ciclista bateu na guia que alavancou a bicicleta. Mohoric então girou para frente batendo violentamente com a cabeça no asfalto. A bicicleta partiu-se em duas enquanto Mohoric sentou-se na lateral da pista. Foi levado de ambulância.

https://youtu.be/6DEidfihiEg

Escalada para Campo Felice

Apesar de uma série de ataques o pelote tentava impedir fugas de escaparem até que um grupo com dezessete ciclistas conseguiu formar a fuga. A 10km do final, o francês Geoffrey Bouchard (Ag2r) atacou e abriu uma vantagem de 20 segundos sobre o grupo perseguidor. O pelote vinha perto a 1:20.

A subida de primeira categoria com 5.7km a 5.8% chegando a 1655m de altitude seria o primeiro grande teste do Giro 2021. Bouchard entrou nos 3km finais com 21″ de vantagem sobre o holandês Koen Bouwman da Jumbo Visma.

Os remanescentes da fuga seguiam a cerca de um minuto atrás e o pelote ainda estava no início da subida com dois minutos de atraso. Ao chegar no trecho de 1.600m de gravel, Bouchard foi alcançado por Koen Bouwman e a dupla seguiu escalando. Atrás o pelote vinha escalando em alta velocidade.

Veio então o ataque de Egan Bernal , o colombiano vencedor do Tour de France de 2019 atacou e passou como uma moto pelos remanescentes da fuga para vencer em Campo Felice.

O italiano Giulio Ciccone ficou em segundo lugar pela Trek com op russo Aleksandr Vlasov da Astana completando o pódio. Com o resultado, Egan Bernal da Ineos Grenadiers é o novo maglia rosa do Giro 2021 com 15 segundos de vantagem sobre Remco Evenepoel e 21 sobre Aleksandr Vlasov.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Next Post

Tom Pidcock ganha na Copa do Mundo de MTB com a maior margem da história!

Uma obra de arte! Assim se define o que o pequenino britânico Tom Pidcock fez na Copa do Mundo de MTB XCO. Da largada ao final, não teve para ninguém e Pidcock venceu com um minuto de vantagem para Mathieu van der Poel que foi o segundo colocado. Mathias Flueckiger […]
Tom Pidcock vence Copa do Mundo MTB XCO | Foto Divulgação RedBull | Pelote Ciclismo

leia também

Receba as novidades em seu e-mail