Consultor francês tenta comprar a Mavic

Luiz Papillon

Advogado e consultor de negócios, Didier Poulmaire está no comando de um projeto para aquisição da Mavic. Poulmaire foi articulador da compra do clube de futebol Olympique de Marseille, pelo bilionário Frank McCourt.

“A ideia é concluir um projeto que ajude a salvar os empregos e a genialidade dos homens e mulheres que fizeram o “sangue amarelo”. A roda de negócios está bem encaminhada e deve receber um grande nome da economia francesa, para o qual estão sendo avaliados vários caminhos.” Didier Poulmaire.

Mavic receberá ofertas públicas no Tribunal

O envio de ofertas públicas pela Mavic vai até 02 de junho. A empresa foi colocada em custódia judicial após um imbróglio envolvendo esclarecimentos acerca da venda da empresa para um grupo californiano. A Mavic é uma das mais antigas empresas francesas, fundada em 1889.

“O sucesso em salvar a Mavic é a prova de que a França pretende apoiar sua indústria, os funcionários que criaram a Mavic, os esportistas o que permitirá a França brilhar nos jogos Olímpicos de Paris em 2024”

Poulmaire anuncia que formou um grupo de especialistas na fabricação, distribuição e eventos do setor de bicicletas além de dois renomados ex ciclistas profissionais para contribuir no projeto de recuperação.

Fundada em 1889, a Mavic emprega cerca de 250 pessoas e é conhecida pelo serviço de suporte neutro que presta as corridas da A.S.O. como o Tour de France. Além de rodas para diversos tipos de bicicleta a empresa fabrica também equipamentos como sapatilhas e vestuário.

 

 

Sua opinião é importante, compartilhe!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Next Post

Ponha um HIIT em sua vida - Parte III: O inferno de Tabata

Você sabe o que é um treino intervalado? E o que é um treino intermitente? A gente se acostumou a achar que treino com variações de intensidade e em séries é intervalado. Acabamos nos esquecendo dos outros componentes importantes, que são a variação e a proporção dessa intensidade. Então para […]

Receba as novidades em seu e-mail

%d blogueiros gostam disto: