Richie Porte vence etapa e Impey é campeão do Tour Down Under

Luiz Papillon

Pela sexta vez consecutiva o tasmaniano Richie Porte venceu a etapa de Willunga Hill no Tour Down Under! Não teve pra ninguém, a Sky armou uma pegadinha com Elissonde e Poels mas Porte era o mais forte escalador da prova e passou por cima dos demais. A Mitchelton correndo por Impey apenas marcou o ataque e Impey chegou logo atrás na terceira posição garantindo o bicampeonato inédito do Tour Down Under. Paddy Bevin que sofreu uma queda ontem a 8km do final acabou sofrendo muito com os machucados e não teve força para sustentar as duas passagens por Willunga Hill ficando com a vitória por pontos.

Tour Down Under Etapa 6 – Willunga Hill

Chegamos ao final da primeira prova do circuito mundial de ciclismo em 2019. Partindo de McLaren Vale com quatro voltas em Willunga e duas subidas a Willunga Hill. A prova marcou também o fim da carreira de Mathew Hayman como falamos esta semana.

http://www.pelote.com.br/mathew-hayman-aposenta-se-no-tour-down-under/

Antes da prova a expectativa era a participação do neozelandês líder da classificação geral Patrick Bevin da CCC. Bevin caiu a 8km do final da etapa 5 e passou algumas horas no hospital, sem fraturas ou concussão o kiwi pode participar da prova. Assim que a corrida começou a fuga do dia partiu:

  • Alex Dowsett (Katusha Alpecin)
  • Danny van Poppel (Jumbo-Visma)
  • Gediminas Bagdonas (AG2R La Mondiale)
  • Jasha Sütterlin (Movistar)
  • Lukas Pöstlberger (Bora-Hansgrohe)
  • Nick White (UniSA-Australia)
  • Thomas De Gendt (Lotto Soudal)

A corrida foi bastante morna com Van Poppel coletando os bonus de sprint e mantendo uma vantagem bem consistente. Na aproximação da primeira passagem pela Willunga Hill uma pancada de 3.5km com inclinação média de 7.1% o pelote esticou e a vantagem da fuga despencou para 1:30 quando a fuga começou a subir. A primeira baixa na subida foi justamente Paddy Bevin que sofreu para subir e ficou muito para trás. A fuga sendo alcançada até Nick White que foi o último remanescente. A Sky assumiu o pelote com Elissonde vencendo a meta de montanha levando consigo seu parceiro Wout Poels. Logo depois Hector Carreteiro da Movistar atacou sem reação pela Sky, Daniel Oss e Tomasz Marczynski respectivamente da Bora e Lotto atacaram para juntarem-se a Carretero. O ataque durou alguns quilômetros mas a 7km para o final foram neutralizados. O grupo seleto chegou compacto na base de Willunga Hill para a subida final.

Assim que começaram a subida as equipes disputando a vitória geral foram para a ponta com Trek, EF, Sky, Astana e Mitchelton disputando a ponta. Assim como na primeira volta a Sky assumiu a ponta mas não com Poels que ficou encaixado atrás de Richie Porte, o rei de Willunga Hill com 5 vitórias consecutivas. Próximo ao meio da subida Elissonde atacou sem reação do pelote e finalmente Poels surgiu para grudar na roda de Elissonde. Com 1.2km para o final finalmente Richie Porte atacou e na maca de 1km para o fim. Novamente Porte atacou pois ele precisava de 10s de vantagem sobre Impey no final. Porte venceu mas Impey chegou logo atrás. Assim o sul africano Daryl Impey é o bicampeão do Tour Down Under!

Classificação – Tour Down Under Etapa 6 – Willunga Hill

Classificação Final – Tour Down Under

Sua opinião é importante, compartilhe!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Next Post

Condenado pelo Garmin!

Um assassino profissional que usou o garmin para cronometrar sua fuga. Essa é a receita que levou a sentença de prisão perpétua de Mark “Iceman” Fellows de 39 anos. O caso aconteceu em Liverpool na Inglaterra. Pai de cinco filhos, o notório criminoso Mr. Big foi morto em um tiroteio em […]

Receba as novidades em seu e-mail

%d blogueiros gostam disto: