CCC compra licença da BMC

A CCC e Continuum Sports anunciaram a parceria de patrocínio da CCC por três temporadas para aquela que hoje é conhecida como BMC. A licença do circuito mundial pertence a Jim Ochowicz que chegou a um acordo de três anos com o bilionário polonês Dariusz Milek. Atualmente a operação da equipe BMC tem um investimento na ordem de trinta milhões de euros. A Tag-Heuer tradicional fabricante de relógios suíços continuará como patrocinadora em 2019, as negociações com a Sophos (empresa de segurança digigal) estão em andamento.

“Estou entusiasmado em ver a CCC parceira da Continuum Sports e chegar ao nível máximo do ciclismo. Nós estávamos a procura de uma oportunidade de chegar ao Circuito Mundial (WorldTour) e essa foi a chance perfeita em estabelecer uma parceria com uma equipe já estabelecida e respeitada. Tendo Greg Van Avermaet como líder da equipe.” Milek

Jim Ochowicz fará parte da organização que não terá mais nada haver com o atual patrocinador e fabricante de bicicletas BMC. A entrevista coletiva para anúncio da parceria será logo mais em Aix-les-Bains nos pés dos alpes no departamento de Saboia próximo a divisa com a Suíça. Hoje é dia de deslocamento no Tour de France que retorna amanhã com a 10ª etapa entre Annecy e Le Grand Bornard, primeira etapa com montanha fora de categoria desta edição.

Para Ochowicz, a parceria com a CCC representa a oportunidade em iniciar um novo capitulo no Circuito Mundial para a Continuum Sports (nome da equipe que levava o patrocínio BMC).

“Não é segredo que nós estavamos a procura de um patrocinador para a temporada 2019 e nós estamos entusiasmados em estar hoje na maior corrida do mundo para anunciar a CCC como patrocinadora principal da Continuum Sports a partir de 2019. O presidente da CCC Dariusz Milek compartilha a mesma paixão pelo ciclismo que nossa organização e juntos nós continuaremos a construir o sucesso da equipe. 

Também posso anunciar que o atual líder do Tour de France Greg Van Avermaet renovou seu contrato em modo a começar em ótima forma essa relação. Nós vimos Greg se desenvolver como um dos melhores ciclistas do mundo e nós estamos felizes em manter uma estrela como ele para 2019. Nós teremos alguns meses cheios a nossa frente para planejar a proxima temporada e então estou olhando para frente dando boas vindas a CCC como patrocinadora principal”  Jim Ochowicz

O campeão olímpico e atual camisa amarela do Tour de France falou também:

“Eu estou feliz em anunciar meus planos para o futuro, especialmente hoje quando eu ainda posso estar como líder do Tour de France. Eu estou na equipe por oito anos e tive muitos momentos bons em todos esses anos. Assim é muito gratificante saber que nós continuaremos juntos. Ter uma equipe mais ou menos focada em mim nas provas clássicas é uma oportunidade única e estou olhando adiante para a próxima temporada com a CCC como patrocinadora. Eu penso que todos estarão felizes em saber que a equipe terá continuidade, para alivio dos ciclistas e dos demais funcionários mas também para o esporte.” Greg Van Avermaet.

O nome oficial da equipe será anunciado em breve com Dariusz Milek como dono e Jim Ochowicz como diretor geral. A equipe terá entre 23 e 25 ciclistas. O anúncio das renovações de ciclistas atualmente sobre contrato serão feitos a medida da renovação enquanto ciclistas egressos de outras equipes serão anunciados conforme a janela da UCI que inicia dia 01 de agosto. No comunicado oficial a equipe informa que não será uma fusão entre a BMC e a equipe Pro Continental CCC Sprandi Polkowice.

Jim Ochowicz e a busca pela salvação da BMC

Ochowicz, americano de origem polonesa foi ciclista amador e participou dos jogos olímpicos de Munique em 1972 pela equipe americana na modalidade de perseguição por equipes. Em 1981 ele fundou a equipe 7-Eleven de ciclismo que ele administrou até 1995, Ochowicz então passo a gerir a equipe Motorola e tornou-se grande amigo de Lance Armstrong. Em 2007 uniu-se a Andy Rihs para relançar a equipe Phonak (envolta no escândalo de doping de Floyd Landis) agora como BMC onde permaneceu até o 2018.

Desde o ano passado com o declínio da saúde de Andy Rhis que faleceu este ano, havia a busca de Jim Ochowicz por um patrocínio para manter a equipe BMC no circuito mundial. Com a proximidade da janela de transferências a equipe começou a perder estrelas Oficialmente a janela de transferência para o circuito mundial só começa no próximo dia 01 de agosto. Porém os advogados e representantes de ciclistas estão a toda durante o Tour de France. Rohan Dennis já estaria certo com a equipe Bahrain Merida, Richie Porte também é dado como certo na Trek Segafredo enquanto Tejay Van Garderen na EF Drapac.

BMC mantem-se no Circuito Mundial em dança de bicicletas

A BMC enquanto fabricante de high-end de bicicletas manterá posição no circuito mundial, porém com verba bem mais modesta na equipe Dimension Data que hoje corre com bicicletas Cervelo. A taiwanesa Giant hoje na Sunweb seria a marca a fornecer apoio a nova equipe de Jim Ochowicz. Já a Cervelo deve ser a fornecedora de bicicletas para a Sunweb. Principais eestatisticas da BMC como equipe:

  • 2011 – Tour de France com Cadel Evans
  • 2012 – Mundial Ciclismo com Philippe Gilbert
  • 2014 e 2015 – Mundial de Contra Relógio por Equipes
  • 90 Vitórias no circuito mundial e 230 vitórias
  • 2017 foi o ano mais bem sucedido da equipe com 80 vitórias.

 

Ainda não foi revelada qual será a relação entre a CCC do circuito mundial e a CCC profissional continental. A principio ambas continuam sob direção diferente mas é de se esperar que a equipe polonesa sirva de trampolim para os ciclistas do leste europeu chegarem ao circuito mundial.

A equipe CCC teve inicio no ano 2000 com a decisão da marca de calçados em patrocinar o ciclismo. Ela foi inicialmente gerida pelo medalhista olímpico Andrzej Spytkowski. A rede de TV Polsat tornou-se copatrocinadora até a suspender o patrocínio em 2006. A Polsat retornou em 2007 com a equipe se chamando CCC Polsat por seis temporadas. O grupo CCC detém uma das maiores manufaturas de calçados na Europa e possui rede de distribuição e vendas em 19 países com mais de 1.000 lojas empregando 12.000 funcionários. As ações da CCC estão listadas no WIG20 (20 maiores companhias da bolsa polonesa em Varsóvia).

 

 

One thought on “CCC compra licença da BMC

Sua opinião é importante, compartilhe!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Next Post

Trek anuncia a criação de equipe feminina

O sucesso do circuito mundial feminino criado em 2016 pela UCI trás mais frutos ao ciclismo. Agora chegou a vez da gigante americana de Waterloo a Trek anunciar sua equipe feminina. A equipe anunciou o início da equipe em Annecy na França durante o primeiro dia de descanso do Tour […]

Receba as novidades em seu e-mail

%d blogueiros gostam disto: