Simon Yates vence Dumoulin no final em Osimo no Giro

Simon Yates venceu no Giro com um ataque a 1.600m do final numa dura rampa em Osimo. Tom Dumoulin seguiu na roda e o final como numa prova clássica  foi sensacional. O pelote cortou totalmente na última rampa de 16% de inclinação e Froome perdeu muito tempo.

Assisi a Osimo 156km

Uma etapa curta entre Assisi e Osimo com duas metas de montanha de terceira categoria em 156km. Com passagem por Filotrano, cidade de Scarponi, falecido ano passado a expectativa era de um bom dia para a fuga. Com o princípio de prova em subida até o Passo Cornello por 41km. Logo nos 10km iniciais Alessandro De Marchi e Luis Leon Sanchez escaparam e colocaram 1’10” no pelote. Entre eles e o pelote Masnada, Maestri e Turin começaram a perseguição para juntarem-se a fuga.

Na passagem pela meta de Montanha de Passo Cornelio:

  1. Fausto Masnada – Androni
  2. Luis Leon Sanchez – Astana
  3. Alessandro de Marchi – BMC
  4. Mirco Maestri – Bardiani  +36s
  5. Alex Turrin  – Wilier +1:06s

Pelote a 2’57”

Durante a longa descida, Maestri e Turrin juntaram-se a fuga. Nova subida para Vilico di Pietra Rossa de categoria 3 e a pontuação ficou:

  1. Fausto Masnada – Androni
  2. Micro Maestri – Bardiani
  3. Alessandro De Marchi – BMC
  4. Luis Leon Sanchez – Astana

Assim a camisa de montanha seguiu definida com Yates em primeiro, Chaves em segundo e agora Masnada em terceiro:

A etapa então passou por Filottrano, cidade de Scarponi, falecido em 2017 e não faltaram homenagens:

Assim que passaram o Muro di Filottrano veio a meta de sprint. O trio Sanchez, Masnada e De Marchi venceram a meta. Enquanto Maestri e Turrin ficaram 30″ atrás do trio, o pelote seguia 1’44” atrás. A medida que se aproximaram do fim mesmo com o pelote acelerando o trio liderava com 1′ de vantagem. O trecho final tinha uma sequência de duras subidas curtas a fuga não resistiu e os ciclistas clássicos foram para ponta. Stybar da Quick Step e Wellens da Lotto FixAll assumiram a ponta.

Na última rampa inclinada Simon Yates atacou, passou por Wellens como uma bala e atrás dele veio Dumoulin e Pozzovivo. Restavam 1.1km para o final, o pelote cortado com Froome sobrando e Yates contra todos para a vitória. Dumoulin chegou em segundo e Davide Formolo em terceiro.

Confira os dez melhores na 11ª Etapa:

A classificação geral mudou novamente, Yates agora tem 47 segundos de vantagem sobre Tom Dumoulin e 1’04” sobre Thibaut Pinot. Froome levou mais 40 segundos e agora depende de uma grande reviravolta para voltar, Froome tem 3’20” de atraso.

Dez melhores na classificação geral após 11 etapas:

 

 

 

2 thoughts on “Simon Yates vence Dumoulin no final em Osimo no Giro

Sua opinião é importante, compartilhe!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Next Post

Sam Bennett vence em Imola!

Sam Bennett da Bora venceu o sprint no circuito de Imola no Giro! A expectativa de uma etapa morna não se confirmou, a chuva que caiu entre Faenza e Imola provocou corte no pelote e muita emoção no final. Um ataque de Wellens e depois de Mohoric e Betancur quase […]

Receba as novidades em seu e-mail

%d blogueiros gostam disto: