Em dia da fuga Quick Step vence com Schachmann! Froome ataca e Yates sobra!

Luiz Papillon

Hoje foi dia da fuga no Giro d’Italia! Maximilian Schachmann, alemão de 24 anos venceu pela Quick Step. Plaza e Cattaneo também escapados completaram os três primeiros em dia que o pelote deixou a fuga 15 minutos a frente. Dumoulin tentou um ataque e foi seguido por Pozzovivo e Yates mas foi Froome que detonou tudo! Froome atacou e foi seguido por Dumoulin e Pozzovivo. Yates não conseguiu acompanhar e sobrou. Na linha Pozzovivo passou a frente de Dumoulin e Froome enquanto Yates chegou atrás. Agora a vantagem de Yates caiu para 28 segundos sobre Dumoulin.

Após o final Yates economizou palavras:

“Hoje não tive as melhores pernas, fiz o melhor que pude e foi isso. Ainda estou na frente e isso é tudo de bom”

De volta ao páreo Tom Dumoulin seguiu com o jogo mental:

“Eu estava esperando o momento e faltando 2km para o final eu tive de esperar para ver o que seria possível (fazer). Yates seguiu no meu primeiro ataque, então Froome atacou e eu tentei seguir Pozzovivo e Froome. Ai percebi que ele (Yates) havia sobrado. Sem dúvidas é um bom dia, mas os próximos dois dias serão diferentes e muito mais duros que hoje.” Tom Dumoulin

 

Abbiategrasso a Prato Nevoso 196km

O Giro d’Italia 2018 entra em sua reta final com três duras etapas nos alpes italianos. Hoje a 18ª etapa entre Abbiategrasso e Prato Nevoso na região do Piemonte. Logo uma fuga numerosa se estabeleceu e o pelote deixou a fuga escapar a longe, abrindo quinze minutos de vantagem. No grupo de dez ciclistas estavam:

  • Michael Morkov e Maximilian Schachmann – Quick-Step Floors,
  • Davide Ballerini, Mattia Cattaneo – Androni Giocattoli-Sidermec,
  • Christoph Pfingsten – Bora-Hansgrohe,
  • Ruben Plaza – Israel Cycling Academy,
  • Vyacheslav Kuznetsov – Katusha-Alpecin,
  • Jos van Emden, Boy van Poppel -Trek-Segafredo,
  • Marco Marcato – UAE Emirates,
  • iuseppe Fonzi and Alex Turrin – Wilier Triestina-Selle Italia.

A prova seguiu em ritmo tranquilo até atingir a subida a Prato Nevoso, uma longa e progressiva escalada de 1000m de altimetria com inclinação de até 10% no trecho mais duro. Com uma paisagem belíssima a fuga seguiu escalando com folga.

A medida que a fuga escalava os patamares mais duros a fuga foi selecionando e Schachmann e Cattaneo atacaram, logo depois Ruben Plaza os alcançou e seguiram até o sprint em subida para vitória do alemão da Quick Step. No pelote 13 minutos atrás o grupo estava reduzido a 12 ciclistas. Os ataques começaram com Angel Lopez e Carapaz depois Battaglin e o pelote foi desmontando no aguardo do movimento de Dumoulin, Froome contra Yates.

O tímido e feliz alemão comemorou sua primeira vitória em grande volta:

“Me sinto fantastico. É grandioso vencer uma etapa em minha primeira grande volta. Todos concordam que este é um giro muito duro, o que faz ainda mais legal estar no topo aqui” Maximilian Schachmann

Confira os dez primeiros na etapa:

Na Classificação geral Yates lidera por 28 segundos sobre Dumoulin e 2’43” sobre Pozzovivo. Froome reduziu a diferença para 3’22 ainda distante de seu compatriota da Mitchelton. Temos mais dois dias de alta montanha que prometem emoções fortes!

 

 

 

Sua opinião é importante, compartilhe!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Next Post

Froome Épico! Ataca 80km do final no maior ataque solo do século!

Épico, Espetacular, Fantástico, faltam palavras para descrever o que fez Chris Froome hoje no Giro. Froome venceu a etapa e assumiu a maglia rosa. Desde o ataque de Contador sobre Purito em 2012 na Vuelta não se via um ataque de tamanha grandeza no ciclismo profissional. A equipe Sky acelerou o […]

Receba as novidades em seu e-mail

%d blogueiros gostam disto: