A polêmica esta só começando!

Luiz Papillon

Fala galera, hoje teve contra relógio na Eneco Tour, mas o assunto do dia segue sendo os testes com freio a disco.

Breda - Netherlands - wielrennen - cycling - radsport - cyclisme -  close-up disc brake on a ISAAC bike of theam Roompot Oranje peloton  pictured during  Stage -2 ENECO Tour 2015 from  Breda to Breda, the Nerherlands - photo Davy Rietbergen/Cor Vos © 2015

 

Confira os depoimentos:

Acredite em mim, eu era o último a querer usar disco, me deram pra testar e deu pra ver que eles funcionam perfeitamente. Nesse estágio foi a primeira vez que corri com eles, pensei que iria correr 50-60km pra sentir como funcionam, mas nada disso, depois de três curvas você sabe como eles funcionam!

Bernie Eisel (Sky)

É uma boa ideia, parece bonito, parece diferente, mas pelo meu entendimento não é seguro usar no pelote pro-tour. Te digo, já fui cortado tantas vezes por caras que tentam ganhar vinte posições freando tarde e as vezes eles travam e o acidente acontece.

Greg Henderson (Lotto-Soudal)

Não vi ninguém notar. Todos estão agindo como se fosse o negócio do século, mas isso não muda nada. A única coisa que limita o poder de frenagem é o pneu, não o freio. Com o freio de aro consigo frear tão duro como com disco. Eu prefiro o freio a disco, penso é mais seguro usar disco, mas não compreendo o estardalhaço sobre isso, deixe as equipes serem livres, deem a elas escolha de usar ou não.

Tom Boonen (Etixx)

O maior desafio é fazer ambos manetes terem a mesma sensibilidade. Tudo é diferente, e em caso de furo o plano é trocar a bike, não é apenas o tempo perdido, você tem que checar tudo desde o início e não dá pra fazer isso em corrida.

Filip Tisma, mecânico da Sky.

 

 

 

BMC, Lotto-Soudal, Orica, Astana e Movistar declararam não ter planos para testar em 2015. Katusha e IAM Cycling vão testar ainda este ano em provas menores, enquanto a Trek vai testar durante a Vuelta.

 

 

 

Next Post

O aprazível clima belga se faz presente!

Papo da etapa de hoje na Eneco Tour! Belíssima etapa, 180km de montanha russa nos Flandres, de um dia ensolarado em Riemst pra chuva no caminho para Sittard-Geleen.   Com 120km pro final o jovem talento francês da FdJ Johan Le Bon, que já ganhou mundial júnior da FdJ partiu em fuga com Van […]

Receba as novidades em seu e-mail

%d blogueiros gostam disto: