Sam Bennett vence em Imola!

Sam Bennett da Bora venceu o sprint no circuito de Imola no Giro! A expectativa de uma etapa morna não se confirmou, a chuva que caiu entre Faenza e Imola provocou corte no pelote e muita emoção no final. Um ataque de Wellens e depois de Mohoric e Betancur quase funcionou na ultima subida. Mohoric e Betancur foram pegos nos 250m finais e Bennett partiu muito antes para vencer com sobra. Atrás Danny Van Poppel foi segundo e Bonifazio terceiro.

 

Osimo a Imola 213km

Hoje o Giro percorreu um trecho plano da costa Adriática sempre na direção do norte italiano, uma etapa para os sprinters porém houve complicação devido a chuva. O trajeto passou ao lado da República de San Marino, lembrando que Imola é uma cidade italiana e o nome “GP de San Marino” fora apenas um meio para a Formula 1 ter dois grandes prêmios na Itália.

A fuga do dia foi montada pelas equipes continentais com cinco ciclistas:

  • Marco Frapporti – Androni Sidermec
  • Mirco Maestri – Guardiani
  • Manuel Senni – Guardiani
  • Jacopo Mosca – Willier
  • Eguert Zhupa  – Willier

Com 90km para o final a fuga tinha 2’40” de vantagem sobre o pelote. Sem vento suficiente para cortar o pelote a expectativa de alguma mudança ficou por conta de chuva em Ceasena. O Pelote manteve então a fuga sob a mira durante boa parte do restante da etapa. A partir de 40km para o final o pelote acelerou para alcançar a fuga, porém a etapa que parecia fácil teve sua complicação.

A chuva caiu forte na cidade de Imola com vento e o pelote começou a ser segmentado, o grupo com o camisa branca Richard Carapaz da Movistar ficou 1’10  atrás do pelote. Na ponta a fuga foi cedendo com a Bora esticando o pelote para reposicionar Maximilian Schachmann na disputa da camisa branca. A perseguição ao grupo lider se benificiou com a entrada por uma estrada mais estreita, o pelote esticou e assim permitiu ao grupo do camisa branca reconectar.

Com 18km para o final a fuga foi neutralizada e Tim Wellens da Lotto FixAll atacou e desceu para o autódromo de Imola. Wellens entrou na reta do autódromo com 12″ para o pelote. Escalaram a subida de quarta categoria de Tres Monti ao lado do circuito e Wellens foi neutralizado. Os ataques recomeçaram com Rohan Dennis, Downsett Ulissi mas foi Mohoric da Bahrein que fez o movimento. Restavam apenas 2km e Mohoric e Betancur entraram novamente no autódromo com pouca vantagem para o pelote. Mohoric e Betancur foram pegos nos 250m finais e Bennett partiu muito antes para vencer com sobra. Atrás Danny Van Poppel foi segundo e Bonifazio terceiro. Sem mudanças na classificação geral a surpresa foi Elia Viviani ter sobrado, o italiano da Quick Step chegou com 9 minutos de atraso.

Os dez primeiros classificados na 12ª Etapa foram:

Os dez primeiros na classificação geral:

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.