Kasper Asgeen bate Van der Poel e vence Ronde!

Luiz Papillon

O campeão dinamarquês Kasper Asgreen bate Van der Poel e vence a Ronde Van Vlaanderen! Após um ataque de Van de rPoel a 17km do fim, o holandês foi seguido pelo campeão dinamarquês Kasper Asgreen. A dupla se revezou e seguiu até o final quando o dinamarquês lançou um sólido e duro sprint para vencer a Ronde! Van der Poel ficou em segundo pela Alpecin Fenix e Greg Van Avermaet foi o terceiro pela Ag2r.

Kasper Asgreen vence a Ronde Van Vlaanderen 2021 | Foto Getty
Kasper Asgreen vence a Ronde Van Vlaanderen 2021 | Foto Getty

“Eu me senti bem nos últimos quilômetros, então eu decidi confiar no meu sprint. Entrando no último quilômetro, eu tinha Mathieu a frente e fui avisado que tínhamos 30 segundos de vantagem, então decidi ficar de roda para poder decidir quando acelerar. Foi uma prova realmente dura, nós estávamos no limite. Foi uma questão de detalhe ao final” declarou Asgreen.

Ronde Van Vlaanderen 2021 – Antuérpia a  Oudenaarde – 254.3km

Com tempo bom e clima ameno a Ronde Van Vlaanderen 2021, segunda prova monumento da temporada. A prévia da prova pode ser lida clicando aqui. Assim que a largada foi dada, múltiplos ataques aconteceram para tentar estabelecer a fuga do dia. Logo um grupo com cinco ciclistas conseguiu abrir vantagem do pelote, alguns quilômetros mais tarde mais dois ciclistas lançaram um ataque e conseguiram juntar a fuga.

  • Fabio Van Den Bossche – Spot Vlaanderen Baloise
  • Jelle Wallays – Cofidis
  • Hugo Houle – Astana Premier Tech
  • Mathias Norsgaard – Movistar
  • Mathijs Paasschens – Bingoal Pauwels Sauces WB
  • Nico Denz – DSM
  • Stefan Bissegger – EF Education Nippo

A fuga conseguiu uma vantagem até confortável em torno de três minutos. O pelote só começou a mostrar maior tensão dentro dos 70km finais, onde duas quedas afetaram o pelote provocando a redução dos grupos. Em uma das quedas um dos favoritos, Julian Alaphilippe acabou indo ao solo e precisou perseguir o pelote para reconectar. Na queda, Kasper Asgreen ficou um pouco mais de tempo parado e precisou fazer muita força para reconectar o pelote. Ao final Asgreen precisou reconectar duas vezes o pelote, por sorte ainda antes da marca de 70km para o fina.

Michael Schar desqualificado por jogar caramanhola para fãs

Uma das regras mais controversas implementada pela UCI, a de jogar lixo na estrada fez sua primeira vítima. Michael Schar da Ag2r foi desclassificado por jogar uma caramanhola vazia para um grupo de fãs. Os fiscais da UCI entenderam que essa ação viola as regras de descarte de lixo. Quase no mesmo momento, Yevgeni Fedorov da Astana e Otto Vergaerde da Alpecin, foram desclassificados por condução perigosa. A dupla se desentedeu e trocou ombradas. Tudo isso ainda nos primeiros 50km de prova.

https://twitter.com/i/status/1378632510813437952

 

Alaphilippe ataca a 44km do final e coloca fogo na prova

Na frente a vantagem da fuga caiu para um minuto com 52km para o final. Nesse ponto começaram os ataques, na frente Stefan Bissegger ficou solo com dez segundos de vantagem sobre seus companheiros de fuga. Atrás, Mathieul Van der Poel tentou atacar e foi perseguido por Kasper Asgreen e depois Wout Van Aert trabalhou para neutralizar o holandês.

Ao passarem pelo Koppenberg, restava apenas Stefan Bissegger na frente com 35″ de vantagem para a perseguição liderada por Julian Alaphilippe. No final da subida, Alaphlippe atacou e no topo estava apenas alguns metros atrás de Bisegger. O grupo perseguidor tinha Mathieu Van der Poel e Wout Van Aert e logo conseguiu se estabelecer como nova fuga. Nove ciclistas tinham dez segundos de vantagem sobre a perseguição. Por 5km a perseguição trabalhou para alcançar os escapados e formar um grupo com cerca de quinze ciclistas na liderança.

O ritmo era insano, com acelerações a todo momento. Marco Haller chegou a ficar a frente mas logo Alaphilippe, Van der Poel e Wout van Aert o caçaram. Novamente o grupo líder tinha os três favoritos tentando escapar. Dessa vez com uma adição importante: Michal Morkov, o campeão dinamarquês e “fiel escudeiro” de Alaphilippe.

Mathieu Van der Poel ataca e é perseguido por Asgreen

Durante a subida ao Oude Kwaremont, Mathieu Van der Poel atacou. O movimento permitiu colocar vantagem de dez segundos sobre Wout Van Aert. O dinamarquês Kasper Asgreen conseguiu um pouco depois fechar a ponte e juntar-se a Mathieu. Atrás Wout van Aert ficou sozinho entre os líderes e a perseguição que vinha trinta segundos atrás. Wout não conseguiu se sustentar e foi alcançado pela perseguição a 10km do final. Seria uma disputa entre Asgreen e Van der Poel contra a forte perseguição.

Com os últimos quilômetros planos, ficava claro que seria uma batalha entre Asgreen e Van der Poel. Atrás seria uma disputa pelo terceiro lugar. A dupla se revezou e seguiu até o final quando o dinamarquês lançou um sólido e duro sprint para vencer a Ronde! Van der Poel ficou em segundo pela Alpecin Fenix e Greg Van Avermaet foi o terceiro pela Ag2r.

Sua opinião é importante, compartilhe!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Next Post

Annemiek van Vleuten vence a Ronde feminina

Dez anos após vencer a Ronde pela primeira vez, a holandesa Annemiek van Vleuten voltou a vencer a clássica! Van Vleuten atacou a 13km do final para não ser mais neutralizada. Atrás na disputa pelo segundo lugar, Lisa Brebnauer foi a segunda colocada pela Cerazit-WNT Pro e Grace Brown comletou […]
Annemiek Van Vleuten vence Ronde Van Vlaanderen 2021 | Foto Divulgação RVV

Receba as novidades em seu e-mail

%d blogueiros gostam disto: