Diretor de equipe continental feminina belga, declarado culpado de assédio!

Luiz Papillon
Marc Bracke, diretor da equipe feminina Doltcini Van Eyck foi considerado culpado das acusações após a exposição do caso em março pela ciclista francesa Marion Sicot.

Após sete meses de investigação, a comissão de ética da UCI decidiu que Marc Bracke violou o Código de Ética da UCI. O caso foi levado votadoem 24 de setembro e agora segue para a Comissão Disciplinar que determinará a punição.

Marc Bracke, diretor da Doltcini Van Eyck | Foto Divulgaçào da Equipe

Entenda a acusação de incentivo ao uso de doping e assédio sexual

Segundo Sicot, seu diretor a incentivou a utilizar o hormônio eritropoetina (EPO) e solicitar que ela enviasse fotos de lingerie após alegar que a ciclista estava “muito gorda”. Ainda segundo Sicot, Bracke teria exigido ao final de 2018 que a ciclistas vendesse duas bicicletas para que tivesse seu contrato renovado.
A federação francesa de ciclismo pediu que a UCI iniciasse um processo de investigação.
“Sem prejulgar ninguém como culpado, é necessário tomar as medidas necessárias para clarear esse caso e deter a perpetuação de atos inadmissíveis” disse o diretor da Federação Francesa.
Essa foi a segunda acusação da equipe, que também teve aberta investigação acerca de um assistente (soigneur) ser acusado de assédio por duas ciclistas. Sara Youmans e Maggie Coles-Lyster tinham 16 e 18 anos quando correram pela equipe.
Em sua defesa, Marc Bracke alegou que pedira fotos diversas vezes para Marion afim de assegurar sua condição física, o diretor alegou que não se lembrava de ter utilizado a palavra bikini.

Sua opinião é importante, compartilhe!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Next Post

Alex Dowsett vence no Giro, primeira vitória da equipe Israelense!

Vitória da fuga no Giro 2020, hoje foi a vez do britânico Alex Dowsett conquistar a primeira vitória WorldTour para a equipe Israel StartUp Nation.  O italiano Salvatore Puccio da Ineos foi o segundo colocado e o britânico Matthew Holmes o terceiro pela equipe Lotto Soudal. Dowsett de 32 anos […]

Receba as novidades em seu e-mail

%d blogueiros gostam disto: