Katusha vende licença para Israel Cycling

Luiz Papillon 1

Foi acabar o mundial e as principais mudanças que estavam “guardadas” foram acontecendo. O esperado rompimento de contrato entre Rohan Dennis e a Bahrain Merida foi um desses movimentos. Mas no patamar mais alto do ciclismo a principal mudança era quem ficaria com a licença da Katusha.

Sabia-se que o investimento da Katusha teve seu “plugue puxado da tomada” ou seja, a equipe precisava de um destino que não dependesse do bilionário Igor Makarov. Entre a penca de interessados quem levou a melhor foi Sylvan Adams, bilionário canadense que mantém a equipe Israel Cycling Academy. Adams teve seu nome ligado no início da temporada na aquisição da equipe Sky, que acabou tornando-se Ineos. Agora o sonho tornou-se realidade, em comunicado divulgado apenas pela equipe israelense.

“Eu venho dizendo há algum tempo que a ICA estaria mais cedo ou mais tarde no Circuito Mundial. Estou animado que isso esteja acontecendo para a próxima temporada” Sylvan Adams

Sylvan Adams | Foto Divulgação

Negociação depende da Homologação da UCI

No comunicado fica claro que a equipe correrá com a licença da Katusha que está em processo de renovação junto a UCI por três temporadas. A transação deverá porém ser validada pela UCI. A equipe continuará a usar as cores azul e branca porém com uniformes fornecidos pela Katusha (marca esportiva). Ao final Adams agradeceu a Makarov pelo negócio.

Ainda não ficou claro o que ocorrerá com os onze ciclistas que tem contrato com a Katusha:

  • Enrique Battaglin
  • Nils Pollit
  • Dani Navarro
  • Alex Dowsett
  • Jens Debusschere
  • Jenthe Biermans
  • Dmitry Srakhov
  • Harry Tanfield
  • Mads Wurtz Schmitz
  • Rick Zabel

A Israel Cycling Academy por sua vez tem nove ciclistas confirmados para 2020:

  • Davide Cimolai
  • Ben Hermans
  • Krists Neilands
  • Matteo Badilatti
  • Mihkel Raim
  • Tom Van Asbroeck
  • Itamar Einhorn
  • Hugo Hofstetter
  • Dan Martin

Israel Cycling Academy terá que ir as compras!

Caso a fusão seja homologada pela UCI e os ciclistas da Katusha permaneçam, a equipe terá 20 ciclistas para 2020, restando contratar ao menos mais cinco ciclistas. A negociação deixa mais longe o sonho da Arkéa de subir ao nível do circuito mundial. Além da renovação da Katusha, três equipes francesas pleitearam subir de nível. A equipe Total Direct Energie, a Cofidis e a Arkéa, entretanto para isso ocorrer é necessário comprar uma licença ou que o número de equipes do circuito mundial seja ampliado.

Restará saber qual o perfil da equipe ICA, Davide Cimolai é um sprinter de ótima qualidade enquanto Dan Martin um voltista que passou duas temporadas discretas na UAE. Pela turma da Katusha, três ótimos ciclistas clássicos com Battaglin, Pollit e Debusschere além do especialista em contra relógio Alex Downsett. Dentro do atual elenco da ICA há nomes bons como Connor Dunne, porém serão necessários gregários de qualidade superior para o circuito mundial. O melhor lugar para buscar gregários antes de olhar para os desempregados da primeira divisão é a Androni Giacattoli. Nomes como Marco Frapporti, Montaguti podem encaixar na equipe, assim como alguns “sem selim”:

  • Rui Costa (UAE)
  • Peter Stetina (Trek)
  • Sebastian Henao (Ineos)
  • Jelly Vanendert (Lotto)
  • Giovani Visconti (Neri Sottoli)
  • Yoann Offredo (Wanty Groupe)
  • Lawson Craddock (EF)
  • Mikel Nieve (Mitchelton)

One thought on “Katusha vende licença para Israel Cycling

Sua opinião é importante, compartilhe!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Next Post

Brasil Ride faz parceria com Parque Nacional do Pau Brasil para deixar legado ao turismo local

Concessionária que realiza a gestão do PNPB, a BR Parques, quer disponibilizar a trilha utilizada pelos ciclistas da ultramaratona para seus visitantes pedalarem durante o ano São Paulo (SP) – Em dez anos realizando a principal ultramaratona de mountain bike das Américas, a organização da Brasil Ride sempre procurou deixar sua contribuição […]

Receba as novidades em seu e-mail

%d blogueiros gostam disto: