Pinot venceu etapa mítica em Covadonga!

Luiz Papillon

O francês Thibaut Pinot da Gropupama venceu a 15ª etapa da Vuelta 2018 na chegada em Lagos de Covadonga uma das mais míticas subidas da Europa. Após a fuga ser neutralizada a 8km do final com Ivan Cortina Garcia da Bahrain sendo o último a pego pelos favoritos o grupo seleto subiu o trecho final da subida com muita disputa. O colombiano Miguel Angel Lopez da Astana foi segundo e o inglês Simon Yates terceiro pela Mitchelton. Na classificação geral Yates segue liderando agora com 26 segundos sobre o experiente Alejandro Valverde da Movistar e seu companheiro o colombiano Nairo Quintana que esta 33 segundos atrás do líder.

 

Etapa 15 – Ribera de Arriba a Lagos de Covadonga – 185,5km

O amigo do ciclismo teve a oportunidade de assistir uma das subidas mais duras e épicas do ciclismo europeu. A etapa com 185,5km partiu de Ribera de Arriba passando por uma montanha de categoria e duas de categoria  até chegar na monstruosa subida de Lagos de Covadonga .

Um colosso de 11.7km e inclinação média de 7.2%. Ao ponto que neutralizaram Ivan Garcia Cortina um dos ciclistas mais pesados da Vuelta 2018 e por isso com uma relação bem leve para a subida, o trecho longo de quase 15% de inclinação ficou para trás e os favoritos foram se testando em ataques curtos.

Pinot aproveitou e colocou certa diferença no grupo e toda vez que dobrava uma curva que seria perdido de vista ficava em pé e acelerava, esse movimento provavelmente era comandado pelo seu diretor esportivo e deu a vantagem que o francês precisava para cruzar em primeiro tirando a seca de vitórias da Groupama. O próximo ataque partiu de Superman Lopez, o colombiano rival de Quintana atacou e deixou o grupo para trás, momento que até discussão teve! Yates reclamou acintosamente com Quintana que “chupava roda”, Nairo foi para frente deu duas pedaladas e deu “bracinho” (levanto o cotovelo) esperando o revezamento que não ocorreu. Ao final o grupo líder chegou embolado com Yates sprintando para ser terceiro e Valverde o quarto Nairo chegou num discreto sétimo lugar que em tempo pouco conta mas na moral…

Dez melhores colocados na 15ª Etapa da Vuelta 2018

1  PINOT Thibaut Groupama – FDJ 05:01:49
2  LÓPEZ Miguel Ángel Astana Pro Team 00:28
3  YATES Simon Mitchelton-Scott 00:30
4  VALVERDE Alejandro Movistar Team 00:32
5  KRUIJSWIJK Steven Team LottoNL-Jumbo ,,
6  MAS Enric Quick-Step Floors 00:34
7  QUINTANA Nairo Movistar Team ,,
8  URÁN Rigoberto Team EF Education First 01:25
9  BUCHMANN Emanuel BORA – hansgrohe 01:33
10  IZAGIRRE Ion Bahrain Merida 01:49

Na classificação geral Pinot voltou ao Top10 justamente no lugar de seu compatriota Tony Gallopin. Yates mostra-se solido e comedido sem abusar de suas forças enquanto Valverde segue na marcação. Valverde segue também líder por pontos com 32 a frente de Sagan. Na camisa combinada Miguel Angel Lopez empatou com Valverde que ainda segue o dono de direito da camisa.  Já a disputa pela camisa de rei da montanha começa a esquentar com Ben King e Bauke Mollema mais próximos da dupla Luis Angel Maté e Thomas De Gendt que lideram.

A melhor equipe segue sendo a Bahrain que tem 3:13 de vantagem para a Movistar enquanto o holandês da Trek, Bauke Mollema foi laureado  o mais combativo da etapa 15.

Classificação geral após 15 etapas – Vuelta 2018

1  YATES Simon Mitchelton-Scott 64:13:33
2  VALVERDE Alejandro Movistar Team 00:26
3  QUINTANA Nairo Movistar Team 00:33
4  LÓPEZ Miguel Ángel Astana Pro Team 00:43
5  KRUIJSWIJK Steven Team LottoNL-Jumbo 01:29
6  MAS Enric Quick-Step Floors 01:55
7  PINOT Thibaut Groupama – FDJ 02:10
8  URÁN Rigoberto Team EF Education First 02:27
9  IZAGIRRE Ion Bahrain Merida 03:03
10  BUCHMANN Emanuel BORA – hansgrohe 03:15

Sua opinião é importante, compartilhe!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Next Post

UCI decidirá formato do ciclismo profissional neste mês!

O circuito mundial de ciclismo profissional como conhecemos deve mudar. Desde 2013 uma comissão vem efetuando propostas de mudanças no formato do esporte e as vésperas de mais um congresso da UCI, desta vez em Innsbruck as mudança podem ser maiores. A reforma estrutural do ciclismo tem forte apoio do […]

Receba as novidades em seu e-mail

%d blogueiros gostam disto: