Em final espetacular suíço Hirschi vence Mundial de Ciclismo Sub23

Luiz Papillon

Em uma prova muito disputada e bonita de ver o suíço Marc Hirschi venceu após um ataque 3km do final. O belga Lambrecht foi segundo ao bater o finlandês Hanninen no sprint. Hirschi articulou o ataque na última descida para Innsbruck ficando em último no grupo de líderes para acelerar e passar muito rápido pela dupla a frente. Sem trabalho do trio atrás, o suíço seguiu acelerando abrindo uma pequena margem que lhe foi suficiente para vitória. Marc Hirschi, também campeão europeu Sub23 correu este ano pela equipe de desenvolvimento da Sunweb e já possui contrato por duas temporadas na equipe principal.

Na última volta o irlandês Eddie Dumbar atacou com o suíço Gino Mader e foram perseguidos durante a subida ao Igls. Stef Craf da Bélgica acelerou e levou Lambrecht na roda e Gino Mader novamente seguiu na perseguição, nesse momento Jaakko Hanninen e Marc Hischi atacaram para juntarem-se ao grupo. Esse movimento quebrou o pelote e seguiu junto até o topo da montanha. Assim que começou a descida vei o movimento vencedor. Hirschi deixou o belga e o finlandês a frente para armar e fazer o ataque de forma a não conseguir ser perseguido. Sem obviamente ajuda do suíço Gino Mader a dupla demorou a negociar uma cooperação dando espaço para vitória magnífica de Hirschi.

Fernando Augusto Finkler foi o brasileiro na prova e parou após a terceira volta. A baixa participação de brasileiros nas categorias de juniores e sub23 é um reflexo de como o esporte que mais medalhas olímpicas conquista é tratado no Brasil. Quando alguém pergunta o porquê de não termos ciclistas em destaque nas grandes equipes do ciclismo mundial, a resposta passa por essa ausência que é reflexo da inexistência de trabalho de base. O patrocínio e sucesso individuais só acontecem quando o “raio cai no lugar”, aconteceu assim no automobilismo, no tênis e é assim no ciclismo onde gerações deixam de competir unicamente pela inexistência de investimento no trabalho de base nesse nosso “7×1” diário.

Mundial SUB23 Masculino

Sua opinião é importante, compartilhe!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Next Post

Anna van der Breggen ataca ao modo Froome para vencer mundial de ciclismo feminino!

A holandesa Anna van der Breggen lançou um ataque a 42km do final para vencer solo o mundial de ciclismo feminino. Apenas durante a escalada inicial foi acompanhada pela australiana Amanda Spratt que sem poder seguir a holandesa também seguiu solo para ficar com a prata. Mais próximo da meta […]

Receba as novidades em seu e-mail

%d blogueiros gostam disto: