Começou o Festival Bike Brasil e demos aquela conferida!

Luiz Papillon

Hoje o Festival Bike Brasil, começou no São Paulo Expo com a promessa de muitas novidade no setor de bicicletas. O primeiro dia foi aberto apenas a profissionais do setor e imprensa. E o Pelote esteve lá para acompanhar as novidades. A feira continua neste sábado e domingo e tem atrações para todas idades e gostos. O Festival é dividido em duas partes, o Bike Brasil Show que engloba as disputas de provas e atrações para toda família e a Bike Brasil Expo mais voltada a profissionais do setor. Com a presença de Gary Fisher, criador do Mountain Bike um pequeno ceremonial abriu a feira as 13h.

Gary Fisher – Foto: NurnbergMesse

“A bicicleta é a invenção mais feliz da história da humanidade. Ela permite liberdade de ir e vir, de explorar caminhos, faz bem à saúde e não solta fumaça. Basta pedalar e sorrir” Gary Fisher

Logo ao chegar me deparei com uma grande estação de bicicletas Yellow, assim é possível chegar e voltar pedalando sem grandes preocupações. Além disso um traslado foi disponibilizado do Terminal Jabaquara do Metrô para a São Paulo Expo. Fui de bicicleta e encontrei dois bicicletários bem organizados mas relativamente pequenos. O festival estava dividido em 3 setores, todos eles com opções de Food Truck e até um verdadeiro Pub da cervejaria Erdinger foi montado no local.

Área Kids

Com apoio e parceria da Quero Pedalar monitores auxiliam criancás a pedalarem por diversos modelos e andarem sem rodinha. Para os menores bicicletas de balanço que auxiliam no desenvolvimento do equilíbrio. Logo ao lado esta o espaço mulher com palestras e atividades para promover uma maior integração das mulheres com a bicicleta. Os portadores de necessidades especiais não foram deixados de lado e além de bikes para andar na feira há até uma rampa para manobras desenvolvida especialmente para eles.

Acessibilidade – Foto: NurnbergMesse

Test Ride

Atravessando uma passarela, chegamos ao espaço que tem expositores e tendas oferecendo produtos relacionados a bicicleta. Há a pista de BMX onde o australiano Clint Millar e os principais atletas de BMX freestyle disptutam a BMX Super Spine.  Posso dizer que dá pra passar o dia ali testando todo tipo de bicicleta, em outro texto vou falar sobre uma das bicicletas que testei.

BMX – Foto: NurnbergMesse

O mega stand da Trek que contou com a presença do criador do Mountain Bike, Gary Fisher além de muitas opções de alimentação. No final há o Test Ride com muitas opções de bicicletas para testar. Com duas pistas uma no meio do Jardim Botânico e outra na área da São Paulo Expo é possível testar bicicletas de diversas marcas como Trek, Corratec, Audax as bikes elétricas da Pedalla entre outras.

Gary Fisher no Test Ride MTB – Foto: NurnbergMesse

 

Copa Internacional Levorin de Mountain Bike

Em paralelo com o festival acontece uma etapa da CIMTB Levorin. Com atletas da elite o evento tem provas de Cross Country (XCO), Short Track (XCC) com pontuação para o ranking UCI. Nesta sexta pela manhã a Super Elite Feminina e Masculina fizeram o Short Track.Confira a programação:

 

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Next Post

Rohan Dennis vence e é o primeiro camisa vermelha na Vuelta! Confira como foram os demais favoritos!

Com apenas 8km o contra relógio individual da Vuelta 2018 teve Rohan Dennis como vencedor. O especialista na modalidade da equipe BMC fez o tempo de 9:39 batendo por 6 segundos Michal Kwiatkowski da Sky. Entre os favoritos ao título justamente Kwiato saiu na frente. Na entrevista o australiano comentou: […]

leia também

Receba as novidades em seu e-mail