Elia Viviani vence sprint em Iseo!

Luiz Papillon

Numa etapa de transição que foi para o sprint em Iseo o sprinter italiano da Quick Step Elia Viviani venceu novamente no Giro d’Italia. Sam Bennett da Bora foi seguindo com Bonifazio em terceiro. Foi uma etapa extremamente rápida e dura, com gregários chegando moídos ao final. As tentativas de fuga impostas pela Sky visaram provocar alguma quebra no pelote para que os sprinters perdessem o pelote e facilitasse alguma reviravolta na classificação geral. Não funcionou mas provocou um desgaste extremo para os gregários e amanhã há uma etapa bastante complicada.

Riva del Guarda a Iseo – 155km

Franciaporta

A etapa 17 do Giro d’Italia 2018 foi mais uma etapa de transição no trajeto com apenas uma montanha categorizada, porém com um início em subida bastante duro. Com uma paisagem belíssima na região de Brescia a transmissão deu destaque a região de Franciacorta onde os melhores espumantes italianos são feitos, rivalizando em qualidade com a famosa região francesa de Champanhe.

Antes da largada o abandono de Louis Meintjes da Dimension Data e Campenaerts da Lotto, sites franceses especularam que Campenaerts desistiu em função de antecipar a preparação para o Critérium du Dalphiné. Um pouco após Tosh Van der Sande também da Lotto Soudal abandonou devido a doença. Assim que largaram uma tentativa de fuga com 14 pilotos chegou a ter 45 segundos de vantagem, mas o pelote lutou contra a fuga e na descida para Ponte Caffaro a fuga foi alcançada. O efeito dessa perseguição foi que os sprinters ficaram no fundo do pelote. Veio a subida de Lodrino e com os sprinters cortando, algo que motivou uma perseguição. No final da subida a Lodrino um grupo destacou passando escapados na meta de 3ª categoria:

  1. Geniez – Ag2r
  2. Poels – Sky
  3. Elissonde – Sky
  4. Hermans – Israel

Atrás o pelote esticou na descida por conta da largura da estrada o que favoreceu o grupo com Viviani a reconectar. Um grupo perseguidor juntou-se aos líderes para tentar estabelecer a fuga mas logo depois foram neutralizados pelo pelote. Como Poels e Geniez estavam entre os 20 primeiros colocados o pelote não cedeu muito espaço, mas a fuga se estabeleceu com:

  • Sanchez – Astana
  • De Marchi – BMC
  • Hermans – Israel
  • Poels – Sky

Com 40km para o final a fuga tinha 45″ sobre uma dupla perseguidora da Bardiani e 1’52” para o pelote. Dai em diante o pelote foi acelerando ao ponto de neutralizar afuga com 11.7km para o final. A chegada então iria para o sprint apesar de um pouco de chuva no final e tentativas de escapadas. Danny Van Poppel partiu primeiro para o sprint enquanto Viviani esperou até o último momento para partir para vitória. Bennett partiu em uma linha paralela e por muito pouco não venceu.

Dez melhores classificados na 17ª Etapa:

Dez melhores classificados após 17 Etapas:

 

 

 

Sua opinião é importante, compartilhe!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Next Post

Maio Amarelo tem apoio gratuito aos usuários da Ciclovia da Paulista

Ação da Shimano leva suporte gratuito aos usuários da ciclovia da Avenida Paulista em São Paulo. O movimento Maio Amarelo orienta motoristas, ciclistas e pedestres na busca por um trânsito mais seguro. Até sexta a Shimano posicionou uma tenda com mecânicos especializados para ajudar o ciclista que passa pela Avenida […]

Receba as novidades em seu e-mail

%d blogueiros gostam disto: