Os Favoritos ao Tour de France 2019

Neste sábado começa o Tour de France 2019. Ontem em Bruxelas as equipes e ciclistas foram oficialmente apresentados. Sábado a partir das 9 horas da manhã a ESPN transmite o Tour de France com um abre o jogo, resultado do crescimento da audiência no Brasil. Esta semana publiquei o Guia do Tour de France 2019 e hoje destaco os favoritos nesta edição.

Serão 21 dias de disputa ao longo de 3280,3km e embora seja muito difícil definir o Tour de France na primeira semana, sem dúvidas é fácil para um ciclista dar adeus a disputa em uma curva ou etapa. Dentro das competições possíveis do Tour a mais acirrada na primeira semana é pela camisa verde de líder por pontos. Serão quatro etapas planas e quatro etapas com colinas antes do primeiro dia de descanso. E se há uma disputa com franco favorito, é essa!

Peter Sagan é o favorito disparado para o título por pontos

Peter Sagan pode tornar-se o maior vencedor da camisa verde na história. Atualmente ele esta empatado com Erik Zabel com seis títulos. Sagan só não venceu a disputa em 2017 por ser expulso após um choque. E em 2017 justamente Michael Matthews venceu a disputa. Este ano apesar do favoritismo nas casas de aposta Sagan não demonstrou o mesmo desempenho de anos anteriores. Assim a concorrência ganha força, enquanto Dylan Groenewegen e Michael Matthews acabam de estender seus contratos, Viviani por sua vez escolhe por onde correr em 2020. O sprinter italiano segundo rumores tem tudo certo com a Cofidis para duas temporadas. A equipe francesa é cotada para subir de divisão no ciclismo juntamente com a Total Direct Energie.

Julian Alaphilippe passará alta montanha na liderança?

Pela disputa de montanha, o grande favorito é Julian Alaphilippe, o segundo favorito é Warren Barguil que já venceu a camisa de bolinhas em 2017. Com um pouco menos de favoritismo aparecem Vincenzo Nibali e Giulio Ciccone, que por sinal serão companheiros de equipe em 2020 na Trek. Nibali declarou aos ventos que não disputará a classificação geral e seus olhos são apenas pela camisa de montanha. Pode ser verdade, mas sempre esperamos mais de Vincenzo, já Ciccone terá na camisa de montanha seu foco. Serão 65 subidas categorizadas valendo de 1 a 20 pontos, confira:

Todos contra a Ineos!

As casas de aposta parecem ignorar o fato de Geraint Thomas ser oficialmente o capitão da Ineos. Enquanto para o inglês campeão do Tour de 2018 a cada euro apostado retornam 3,33 em caso de vitória, para seu colega de equipe Egan Bernal o retorno é 2,5:1. Além deles a lista de favoritos mostra Jakob Fuglsang, Adam Yates, Richie Porte e Nairo Quintana. Com menos favoritismo surgem Steven Kruijswijk, Mikel Landa e o próprio Nibali. Lembrando que nossos favoritos são sempre baseados nas casas de aposta.

Poderemos ver surpresas no Top10 além de nomes como Thibaut Pinot da Groupama, Romain Bardet da Ag2r e Emanuel Buchmann da Bora. Mas disputa pelo título de fato deve ser uma luta entre Thomas, Yates, Porte e com menos chances Nairo Quintana. Por mais que tudo indique a forma espetacular de Egan Bernal, a equipe Ineos (ex-Sky) sabe domar suas feras.

Na outra ponta, Richie Porte sempre teve um azar ou outro, chega não só sua chance mas possivelmente sua última chance de disputar um Tour com ampla vantagem. Ocorre que para 2020 o australiano de 34 anos terá Vincenzo Nibali como companheiro. Nibali que de bobo não tem nada chega na Trek para mandar e repleto de compatriotas e amigos. Já Nairo Quintana enfrenta uma crise, após um punhado de pódios e o título do Giro de 2014 (lembremos, conseguido após uma polêmica descida semi-neutralizada) o colombiano perdeu completamente o clima na equipe. Cogitado na pequena Arkea, Nairo precisa de um resultado maiúsculo mais que todos na lista de favoritos e isso talvez o motive à arriscar mais.

 

 

One thought on “Os Favoritos ao Tour de France 2019

Sua opinião é importante, compartilhe!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Next Post

Medalhista olímpico condenado a prisão por tráfico de drogas

O ciclista aposentado australiano Jack Bobridge foi sentenciado a quatro anos de prisão por tráfico de drogas. Bobdridge foi medalha de prata nos jogos do Rio em 2016 na modalidade de perseguição por equipes. Bobridge foi preso em Perth na Austrália quando vendeu pastilhas de ecstasy para um policial disfarçado. […]

Receba as novidades em seu e-mail

%d blogueiros gostam disto: