Giro 2019 – Guia de Etapas, Premiações e as camisas!

Luiz Papillon

Chegou a hora de falarmos da rota, das premiações e das camisas do Giro de Itália que começa neste sábado. Já falei dos favoritos a vitória, mas hoje escrevo sobre a rota, e premiações.  Caso não tenha visto o texto dos favoritos é só clicar abaixo:

Giro de Itália 2019 – Favoritos

A imponente abertura do Giro de Itália

Estamos as vésperas do 102º Giro de Itália. Ontem a bela apresentação das equipes teve  um milhão e setecentos mil visualizações. Mais do que a semifinal da UEFA Champions League transmitido também essa semana na rede social.

Guia de Etapas do Giro:

Este ano ao invés de uma versão nossa do guia, optei por traduzir a versão original do livro de rota o “Garibaldi”:

Com o Giro mais italiano dos últimos tempos a rota de 2019 não passa em outros países e nem no sul da Itália. Assim a organização pode optar por ter nove etapas diretas antes do primeiro dia de descanso. A organização do Giro prometeu um Giro mais italiano e cumpriu. Os 3.578,4km de prova tem trechos brutais, a terceira semana do Giro tem altimetria acumulada superior a todo Tour de France 2019.

1ª Semana longa e dura no Giro 2019

A largada em Bolonha já trás um contra-relógio individual que poderia muito bem ser chamado de crono escalada. A subida a San Luca tem 2,1km de extensão e inclinação média de 9,2% com trechos de até 16%. É duro, é pesado, é Giro de Itália!

Durante a primeira semana apesar de não haver grandes escaladas, as chegadas não serão todas planas. Serão três etapas com rampas e subidas que darão muito trabalho para que as equipe mantenham seus velocistas na ponta. Serão etapas com muita disputa entre fuga e pelote fechando em mais um contra relógio com subida em San Marino.

2ª Semana com chegadas ao alto

A segunda semana começa  com duas etapas planas como mesa de sinuca. Mas a alegria dos velocistas acaba por ai. Aliás devemos ter muitos debandando exatamente no meio do Giro. A etapa 12 já possui uma subida de primeira categoria a 30km da chegada. No dia seguinte chegada em alta montanha aos 2.245m de altitude. A semana termina com uma etapa com três subidas nos últimos 70km prometendo muita disputa entre os puncheurs do pelote.

3ª Semana brutal

O melhor para o final certo? A última semana do Giro começa com a passagem pelo Passo Gavia aos 2.614m de altitude e na mesma etapa ainda sobem o Mortirolo com seus 1861m. No dia seguinte vão ao Trentino concluir a etapa em chegada ao alto em Antholz. Uma etapa fácil para recuperar os surrados corpos dos ciclistas e mais uma chegada ao alto em San Martino di Castrozza. Antes de coroar o final uma etapa duríssima com duas passagens perto de 2000m de altitude para então um contra relógio em Verona dar números finais a disputa.

As Premiações do Giro 2019

Uma grande volta não é apenas a disputa da camisa de líder. Várias competições e destaques acontecem em paralelo e vamos falar um pouco de cada disputa. Para começar um toque financeiro, o Giro 2019 distribuirá 1,5 milhão de Euros em premiação.

As Camisas do Giro 2019:

  • Maglia Rosa/Camisa Rosa para o ciclista com menor tempo acumulado. Oferecida pela companhia de energia Enel. Premiação €150.000 para o vencedor e €302.000 no total.
  • Maglia Ciclamino / Camisa Roxa para  o ciclista com mais pontos. Oferecida pela companhia de café Segafredo Zanetti.€10.000 para o vencedor e € 78.250 no total
  • Maglia Azurra / Camisa Azul para o rei da montanha. Oferecida pelo banco Mediolanum. € 5.000 para o vencedor e €55.450 no total.
  • Maglia Bianca / Camisa Branca para o jovem até 25 anos com menor tempo acumulado. Oferecida pela rede de mercados Eurospin. €10.000 para o vencedor e €45.750 no total.

Além das disputas principais, há distribuição de prêmios para as classificações por metas, sejam de sprint, montanha e a classificação final de cada etapa. Todo ciclista que veste uma camisa especial recebe uma premiação também. Neste ano há também o prêmio Fuga Pinarello. É o prêmio para o ciclista que ficou mais quilômetros andou na fuga da etapa, o desempate é para quem atacou primeiro.

Um prêmio mais tradicional é o de Combatividade. Que premia o ciclista mais ativo na etapa, ele será determinado “super combativo” com pontuações em chegada e meta de montanha. A tradução do nome desse prêmio requer atenção, apesar da tradução do Premi Giornalieri ser  Prêmio Jornaleiro, a representatividade é no popular Lunático, aquele que faz loucuras. Assim nessa tradução livre coloco como Prêmio Lunático!

Maglia Nera, uma disputa semi-oficial

Logo após a segunda guerra, entre 1946 e 1951 houve uma camisa que recebia um prêmio simbólico, a Maglia Nera, ou camisa preta que era dada ao último ciclista a completar o Giro dentro do tempo limite. Tendo como ultimo vencedor o lendário construtor de bicicletas Giovanni Pinarello. A premiação foi abolida mas a mítica continua, tanto que a organização fez a camisa e está disponível para compra. Em 2017 e 2018, Giuseppe Fonzi da Wilier Triestina foi o Maglia Nera.

Objetivos de cada equipe, prognósticos e sessão Mãe Dinah!

Quais os melhores velocistas, quem pode brigar por vitórias e quem estará na fuga?Esse é papo para o nosso próximo texto!

Sua opinião é importante, compartilhe!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Next Post

Velodicas: As dicas para você jogar o Fantasy Game Velogames

Se você é um xiita, um verdadeiro Taleban do ciclismo você já ouviu falar do Velogames. O Velogames é um site não oficial que oferece o fantasy game desde 1997. Vocês monta sua equipe e pontua conforme seus ciclistas desempenham em cada etapa. São computados pontos para as modalidades de […]

Receba as novidades em seu e-mail

%d blogueiros gostam disto: