Peter Sagan vence sprint no Tour da Califórnia

O eslovaco Peter Sagan venceu a etapa de abertura do Tour da Califórnia. Essa foi a 17ª vitória de Sagan na prova americana de uma semana. A prova teve uma fuga neutralizada a 13km do final e a chegada foi para o sprint. Sagan saltou da roda de Owain Doull da Ineos e venceu com Travis McCabe da Sel. Americana em segundo e Max Walschied da Sunweb em terceiro.

Tour da Califórnia Etapa 1 – 143km

A 14ª edição do Tour da Califórnia começou como o organizador gosta, com vitória da grande estrela da prova, Peter Sagan. A etapa plana circundando Sacramento teve 143km e contou com uma fuga de quatro ciclistas:

  • Laurens De Vreese – Astana
  • Michael Schar – CCC
  • Charles Planet – Novo Nordisk
  • Tyler Stites – Sel. EUA.

Charles Planet foi o último remanescente da fuga que foi pega a 13km do fim. Dali em diante as equipes trataram de se preparar para o sprint. Durante à aproximação da chegada muita aceleração acabou por fazer alguns sprinters perderem a roda de seus embaladores. Assim no lançamento Jakobsen da Deceuninck e Halvorsen da Ineos não estavam onde deveriam estar. Peter Sagan saltou da roda de Owain Doull da Ineos para vencer. Em segundo uma surpresa, Travis McCabe pela seleção americana, McCabe corre regularmente pela equipe de Floyd Landis estampando sua marca de Maconha Medicinal. Em terceiro ficou o alemão Max Walscheid da Sunweb.

A etapa 2 acontece amanhã e tem uma longa serra, a transmissão é pelo WatchEspn. A organização da prova também disponibiliza o vídeo ao vivo para países sem transmissão oficial.

Travis McCabe da Floyd’s Cycling

Floyd Landis

Talvez você desconheça ou não lembre, mas Floyd Landis fez uma das grandes vitórias do ciclismo na etapa 17 do Tour de France de 2006. Landis atacou a 128km do final para vencer solo. Sua performance extraordinária no entanto foi fruto de aditivos. O exame antidoping revelou testosterona e seu título foi cancelado. O escândalo foi tão grande que a empresa patrocinadora da equipe Phonak, teve que mudar de nome. Durante o processo Andy Rihs, herdeiro da empresa foi afastado da Phonak e decidiu montar a equipe BMC.

Posteriormente Landis e o técnico da seleção americana foram condenados por hackear o computador do laboratório de análise. Landis ainda tornou-se testemunha chave no processo contra Lance Armstrong, e ao final recebeu uma indenização com a qual montou a equipe de ciclismo.

Ano passado, a performance de Froome na etapa do Finestre no Giro, levou ao comentário de George Bennett “Ele mandou uma de Landis” (ataque solo de muito longe).

Classificação da Etapa 1 – Tour da Califórnia

1 Peter Sagan (Svk) Bora-Hansgrohe 3:14:10
2 Travis McCabe (USA) USA National Team
3 Maximilian Walscheid (Ger) Team Sunweb
4 Kristoffer Halvorsen (Nor) Team Ineos
5 Michael Mørkøv (Den) Deceuninck-QuickStep
6 Owain Doull (GBr) Team Ineos
7 John Degenkolb (Ger) Trek-Segafredo 0:00:04
8 Phil Bauhaus (Ger) Bahrain-Merida
9 Erik Baska (Svk) Bora-Hansgrohe
10 Jasper Philipsen (Bel) UAE Team Emirates

Classificação Geral apó a Etapa 1 – Tour da Califórnia

1 Peter Sagan (Svk) Bora-Hansgrohe 3:14:00
2 Travis McCabe (USA) USA National Team 0:00:04
3 Maximilian Walscheid (Ger) Team Sunweb 0:00:06
4 Kristoffer Halvorsen (Nor) Team Ineos 0:00:10
5 Michael Mørkøv (Den) Deceuninck-QuickStep
6 Owain Doull (GBr) Team Ineos
7 Tyler Stites (USA) USA National Team 0:00:11
8 George Bennett (NZl) Team Jumbo-Visma 0:00:13
9 John Degenkolb (Ger) Trek-Segafredo 0:00:14
10 Jasper Philipsen (Bel) UAE Team Emirates

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.