Supergregário Dries Devenyns venceu a Cadel Evans Road Race

Vitória da Deceuninck Quick Step em clássica não é novidade, mas quando ela vem com um improvável vencedor é muito gostoso de ver! E hoje foi a vez de Dries Devenyns vencer pela primeira vez uma prova WorldTour. Dries estava no ataque que tinha nomes fortes como Daryl Impey e Simon Yates mas conseguiu não só escapar desse grupo no final como sustentar um sprint forte para vencer Pavel Sivakov. O russo Sivakov ficou com a segunda colocação enquanto Daryl Impey pelo terceiro ano consecutivo completou a prova em terceiro lugar.

Cadel Evans Great Ocean Road Race

Aconteceu na Austrália na cidade de Geelong a 6ª edição da prova promovida pelo ganhador do Tour de France 2011, Cadel Evans. Levando o nome de Cadel, a prova com 171.7km teve quatro passagens pela subida de Challambra uma subida com 1.2km e 8.3% de inclinação média. Com nomes fortes tanto para o sprint como para duros ataques em Challambra a prova foi muito movimentada. Entre os favoritos destaque para os sprinters Sam Bennett (Deceuninck), Elia Viviani (Cofidi) e Caleb Ewan (Lotto Soudal). Já entre os puncheurs, os destaques ficam por conta de Simon Yates (Mitchelton), Daryl Impey (Mitchelton) e Pavel Sivakov (Ineos).

Ciclistas da seleção australiana tentaram duas vezes estabelecer a fuga do dia, Elliot Schultz e Carter Turnbull conseguiram na segunda vez e sustentaram a fuga até 50km do final. Na segunda passagem pela Challambra e um grupo de cinco ciclistas atacou para junto com Turnbull criar nova fuga.

Mitchelton coloca 5 na fuga e não vence!

O grupo abriu 29 segundos do pelote mas na subida começou a pancadaria. A Mitchelton trabalhou para quebrar o pelote, o objetivo ali era claro, eliminar os sprinters. Até que um grupo de 16 ciclistas conseguiu escapar. Porém nesse grupo estavam cinco ciclistas da Mitchelton  entre eles Daryl Impey e Simon Yates. Estavam também Nathan Haas e Elia Viviani pela Cofidis além do campeão mundial Mads Padersen pela Trek e a dupla da Ineos com Pavel Sivakov e Dylan van Baarle.

E veio a última subida a Challambra, no meio da subida Simon Yates lançou, um dois, três ataques para quebrar a fuga e com isso eliminar os sprinters. Entraram nos 5km finais com Dries Devenyns, Pavel Sivakov liderando e dez segundos atrás estavam Jay Mccarthy, Van Baarle, Daryl Impey, Simon Yates e Jens Keukeleire. A vitória ficaria com um deles, hoje os sprinters ficariam com a sobra. Veio então o quilômetro final, Dries liderando, Sivakov colocou de lado começou o sprint mas não era seu dia. Dries Devenyns sustentou um sprint forte e consistente para vencer pela 7ª vez na carreira e primeira vitória desde 2016.

Classificação 6ª Cadel Evan Great Ocean Road Race

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.