Ícone do site Pelote Ciclismo

Histórico, Tota Magalhães veste a camisa de líder de montanha no Giro d’Italia Women

Dia histórico para o ciclismo brasileiro, Ana Vitória “Tota” Magalhães estava na fuga da segunda etapa do Giro d’Italia Women e conquistou a camisa de montanha da disputa mais tradicional do ciclismo feminino. Tota foi alcançada a 1.8km do final pelo pelote e Chiara Consonni venceu a etapa a frente da campeã mundial Lotte Kopecky e da italiana Elisa Balsamo.

Tota Magalhães líder de montanha do Giro d’Italia | Foto RCS

O Giro d’Italia Feminino continuou hoje com uma etapa de 110km entre Sirmione e Volta Mantovana, A fuga do dia contou com a brasileira Ana Vitória Magalhães (Bepink-Bongioanni) e Alessia Missiaggia (Top Girls Fassa Bortolo). A dupla trabalhou e abriu uma sólida vantagem de seis minutos Durante a subida até Cavriana, Alessia sobrou e Tota seguiu solo, conquistando os pontos de montanha e garantindo pela primeira vez uma camisa de montanha no Giro d’Italia. Restando 20km para o final, Tota ainda tinha 3min30s de vantagem, o pelote ainda não acreditava e demorou para acelerar. No final Tota foi alcançada a 1.8km da chegada e a disputa foi para o sprint com vitória da italiana Chiara Consonni (UAE) a frente da campeã mundial Lotte Kopecky (Sd-Worx) e de Elisa Balsamo (Lidl-Trek).

A última brasileira a ter destaque no Giro d’Italia foi Flavia Oliveira que conquistou a camisa de montanha no ano de 2015 quando competiu pela Alé Cipollini, ficando a frente de Anna van der Breggen.

 

Classificação do Giro d’Italia Women após 2 etapas

Results powered by FirstCycling.com

Sair da versão mobile