Ícone do site Pelote Ciclismo

Mathieu van der Poel iguala Leão de Flandres e vence Ronde pela terceira vez

Diferenciado, especial, fora de série, qual adjetivo para o espetacular Mathieu van der Poel? Seis vezes campeão mundial de cyclo-cross, atual campeão mundial de ciclismo e agora Mathieu iguala o recorde de três vitórias na Ronde van Vlaanderen, com três vitórias.

Mathieu van der Poel lidera Ronde 2024 | Foto @Belga

Atrás em uma chegada decidida no photo-finish, o italiano Luca Mozzato ficou em segundo a frente do australiano Michael Matthews. Contudo os fiscais de prova entenderam que Matthews fez um movimento ilegal no sprint ao cruzar da esquerda para direita e foi relegado ao final do grupo em que estava. Assim Nils Pollit (UAE) herdou o terceiro lugar.

Ronde van Vlaanderen – O Tour de Flandres 2024

Já falamos da história, do trajeto e dos favoritos da Ronde 2024 aqui. A garoa caia na região da Antuérpia pela manhã quando Mathieu van der Poel postou foto com seu treino no Zwift e um capuccino

Van der Poel posta capuccino com treino no simulador Zwift

Às 10h locais eles largaram para a 108ª Ronde e seus 270.8km, após 20min saindo da região urbana veio a largada oficial e a briga por posição na fuga do dia. Ao longo de todo trajeto, faixas e cartazes de apoio a quem não estava lá por força maior: Wout van Aert.

Faixa desejando melhoras para Wout van Aert

No trajeto um dos ícones belgas dos anos 70 é saudado, o Senhor Roubaix, Roger De Vlaeminck que também venceu a Ronde em 1977 saudou os ciclistas. Na prova, os primeiros 160km eram tranquilos e as equipes deixaram para Alpecin, logicamente gastar seus gregários na perseguição. As três primeiras horas de prova tiveram uma média de 46,4km/h.

Na primeira passagem pelo Oude Kwaremont, cerca de dez ciclistas caíram após um choque com um espectador, causando o abandono do canadense Guillaume Boivin (Israel PremierTech). A corrida começava “de fato”. Na passagem pelo Molenberg já víamos Mads Pedersen e Mathieu van der Poel aparecendo na frente do G1. Mads Pedersen escapou e levou consigo Gianni Vermeersch, companheiro de Van der Poel.

Mathieu van der Poel lidera Ronde 2024 | Foto PhotoNews

A passagem pelo Valkemberg mudou isso com Van der Poel voltando ao grupo perseguidor (G1) enquanto parecia que Pedersen partiria muito cedo para uma fuga solo. Mas isso acabou na passagem pelo Oude Kwaremont quando Mathieu van der Poel lançou um turbo e saltou para a ponta levando cinco ciclistas com ele. A superioridade de Van der Poel começa a ser sentida, a Movistar ainda tentou uma jogada colocando Ivan Garcia Cortina na ponta com Lazkano atrás, mas isso mudou a história da prova.

Mathieu van der Poel começa a confirmar o favoritismo

Na subida do Koppenberg, Cortina teve um problema mecânico e colocou o pé no chão para empurrar sua bicicleta, Van der Poel atacou atrás e abriu uma vantagem incrível enquanto o pelote todo ficou engasgado no Koppenberg.

Ciclistas empurram no Koppenberg | Captura TV

Os próximos quilômetros confirmaram a sorte e a forma de Van der Poel. Restando 30km para o final, Van der Poel levava 1min25s sobre o grupo perseguidor que tinha:

Van der Poel vence, quem fica com o segundo?

Restando 15km para o final o grupo perseguidor já estava quebrado, mas com diferenças pequenas. Alberto Bettiol e Dylan Teuns seguiam com 12s sobre Garcia Cortina e Tim Wellens que tinham mais 10s sobre o grupo com Pedersen, Jogrgenson, Matthews (Jayco), Skujins (Lidl), Naesen (Decathlon) e Laurenz Rex.

A disputa pelo segundo lugar foi para o sprint com Michael Matthews (Jayco) e Luca Mozzato (Arkéa) e a decisão foi no Photo-Finish. Após alguns segundos, Luca Mozzato foi declarado o segundo colocado e mais tarde os fiscais de prova entenderam que Matthews fez um movimento ilegal no sprint ao cruzar da esquerda para direita e foi relegado ao final do grupo em que estava. Assim Nils Pollit (UAE) herdou o terceiro lugar.

Mathieu van der Poel constrói legado que o coloca entre os melhores de todos os tempos

Diferenciado, especial, fora de série, qual adjetivo para o espetacular Mathieu van der Poel? Seis vezes campeão mundial de cyclo-cross, atual campeão mundial de ciclismo e agora Mathieu iguala o recorde de três vitórias na Ronde van Vlaanderen, com três vitórias.

Filho de Adrie van der Poel, ciclista clássico dos anos 80 e 90 e campeão mundial de cyclocross, Mathieu tem linhagem de ciclista também por parte de sua mãe Corinne, filha de Raymond Poulidor o “Pou-pou”.

 

Classificação da Ronde 2024

Results powered by FirstCycling.com

 

Sair da versão mobile