Ícone do site Pelote Ciclismo

Avancini lidera brasileiros na Copa do Mundo de MTB em Lenzerheide

A Copa do Mundo de MTB tem etapa em Lenzerheide na Suíça com disputa das provas de Short-Track (XCC), Cross-Counrtry Olímpico (XCC) e Downhill. As principais provas serão transmitidas ao vivo pela Redbull TV.

Henrique Avancini | Foto © Bartek Wolinski / Red Bull Content Pool

Localizado nos alpes suíços na região de Graubunden, Lenzerheide está a 1.500m de altitude e durante o inverno é um conhecido destino para esquiadores. No ano passado Evie Richards venceu tanto no XCC como no XCO enquanto na disputa masculina teve vitória brasileira de Henrique Avancini no XCC e Victor Koretzky venceu o XCO. Koretzky não está na disputa desta edição por estar disputando o Tour de France.

Confira os horários para transmissão:

Para acompanhar, clique aqui.

Cross Country

A alta altitude de Lenzerheide afeta mais o cross-country do que o donwhill. O ar rarefeito tem efeito sobre os ciclistas impactando diretamente sobre a resistência ao longo de uma hora de prova. O circuito de Cross-Country de Lenzerheide com 4.100m. No feminino as favoritas são Loana Lecomte e Becca McConnel, o Brasil tem em Aline Simões e Raiza Goulão suas representantes.

Alex Malacarne | Foto Marcelo Rypl

No masculino claro Henrique Avancini é grande nome do XCO e terá também a companhia de José Gabriel. No sub-23 disputam Alex Malacarne e Gustavo Xavier.

Donwhill  – 2.200m

A descida de montanha tem um circuito com 2.200m e 413m de descida com uma inclinação de 18%. Uma das características do traçado é a alta velocidade dos ciclistas com velocidade de até 65km/h. Um novo trecho foi incluído neste ano logo após o primeiro trecho de estrada levando os ciclistas para um setor de floresta com piso gramado. Ano passado Myrian Nicole venceu entre as mulheres e Loic Bruni entre os homens.

Douglas Vieira e Roger Vieira são os representantes brasileiro na prova, contudo Douglas quebrou um dedo e não andará nos primeiros treinos visando recuperar ao máximo o dedo.

Douglas Vieira | Foto Sebastian Ternemann

Hoje não foi como planejado, sabia que seria dificil em andar com um dedo quebrado, porem não sabia que eu seria tão azarado. Sai fora da pista e um dos postes de fita bateu diretamento no meu dedo e espremeu meu dedo. To tendo muita má sorte recentemente, porém esse é o nosso esporte. Acredito que não anderei amanhã e concetrarei em melhorar meu dedo. Obrigados a todos.

 

Sair da versão mobile